Diretoria de Habitação alerta sobre comércio de imóveis irregulares


A Diretoria de Regularização Fundiária e Habitação alerta a população de Chapecó sobre o comércio de imóveis irregulares. De acordo com a diretora, Edi Folle, foram recebidas denúncias nesse sentido. Numa delas uma pessoa trocou uma área de terra em Mondaí e um trator, no valor de R$ 250 mil, por uma casa no distrito de Marechal Bormann, que ainda está em processo de regularização.

Também há denúncias de negociações de vinte moradias irregulares que terão a energia desligada, próximo da avenida Leopoldo Sander.

“Não existe venda de direito de habitação irregular. Nós orientamos para que as pessoas busquem informações sobre a situação do imóvel. Se o imóvel não tem a matrícula e o registro, está em situação irregular. As consequências podem ser a demolição e prejuízo”, disse a diretora.

As informações podem ser conferidas no setor de Regularização Fundiária e Habitação, na Ala Sul da Arena Condá, no setor de Tributos, na Antiga Prefeitura, ou nos cartórios de registro de imóveis.

As invasões de áreas públicas também devem ser denunciadas, pelo telefone 153, da Guarda Municipal, 3319-1190, da Habitação, ou pelo aplicativo Chapecó Digital.

Comente com o Facebook