Modelo de Excelência em Gestão de Criciúma é apresentado e encaminhado ao Ministério da Economia


Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News

A equipe da Prefeitura de Criciúma apresentou o Modelo de Excelência em Gestão (MEG) do governo municipal para os secretários, diretores, coordenadores e convidados. Além da apresentação dos sete fundamentos e o plano de melhoria da gestão, o programa foi enviado para validação externa do Ministério da Economia. O encontro ocorreu na última quarta-feira (29), no Salão Ouro Negro, do Paço Municipal Marcos Rovaris.

Durante sete semanas, os profissionais estiveram à frente da implantação do MEG. “Nós fizemos realmente um ‘garimpo’ na prefeitura, buscando identificar as boas práticas na gestão e conseguimos respostas para, pelo menos, 95% das questões relacionadas aos sete fundamentos. Acreditamos que vamos ter um bom resultado e enviamos para validação com muita confiança e orgulho do trabalho que realizamos”, frisou a gestora municipal de convênios e coordenadora do MEG, Caroline Brunel Matias.

O grupo elencou algumas melhorias de gestão ao governo municipal, como elaborar um plano para criação e implementação do Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC) e ampliação do projeto de robótica para atender 1,5 mil estudantes e a construção de dez salas maker por ano, para o desenvolvimento desse projeto até 2023, entre outras iniciativas.

É muito importante para o nosso município implantar o MEG, pois contribui muito para alcançarmos uma excelência na gestão. Ficamos muito felizes com o resultado final e com empenho da equipe. Além disso, dependendo da nossa avaliação final, podemos ter mais facilidade para obter recursos junto ao Governo Federal”, explicou o secretário-geral, Vagner Espíndola Rodrigues.

MEG

O MEG possui sete fundamentos: governança, orientação em processos, capital intelectual, sustentabilidade, compromisso com as partes interessadas, estratégias e planos e geração de valor público.

Os municípios com mais de 50 mil habitantes, como Criciúma, precisam implantar o modelo. Foi necessário responder todos os questionários relacionados aos sete fundamentos até a data prevista. Com encaminhamento do programa ao órgão federal, será gerado uma pontuação de 0 a 100 pontos. Essa pontuação poderá interferir no recebimento dos recursos por parte do Governo Federal.

Comente com o Facebook