Memória Digital: Estradas catarinenses


A BR-2, mais tarde denominada BR-116, era a única estrada asfaltada no território catarinense até o início da década de 1960. A rodovia corta o Planalto entre Mafra e o Rio Pelotas. Dizia-se, na época, que a estrada tinha sido construída para favorecer os gaúchos no transporte de mercadorias para o Centro do país. A campanha pela conclusão da BR-59, que depois foi denominada de BR-101, foi iniciada em Blumenau por clubes de serviços como o Lions. O governo catarinense tratou da ligação de Itajaí a São Francisco do Sul, mas não bastou, pois o pior trecho era o de Joinville a Curitiba. Uma campanha popular foi desencadeada no Estado, no sentido de conscientizar a todos sobre o problema da rodovia. “Santa Catarina precisa da BR-59” era o slogan encontrado em toda parte. Na imagem de outubro de 1965, vemos um protesto na Rua 15 de Novembro. Em primeiro plano, um homem caminhando de mala, simbolizando o sofrimento do viajante ao passar pela BR-59. (Fonte: Secretaria Municipal de Cultura de Blumenau / Arquivo Histórico José Ferreira da Silva / Fundo memória da cidade – Coleção dossiê: Comunicação e Transporte – BR-59, 4.3.1.1 doc 01/03 / Acervo iconográfico – Transporte – Veículos – automóveis)

postada em 29/09/2021 14:39 – 28 visualizações

Fotos

Comente com o Facebook