Após greve ilegal, Comcap retoma limpeza em Florianópolis


A Prefeitura de Florianópolis informa que terminou a greve ilegal da Comcap. Um acordo entre município e funcionários selou o fim da paralisação na manhã desta terça-feira, 28 de setembro. A Prefeitura seguirá com a licitação para terceirizar o serviço de coleta em Florianópolis, barateando o custo. 
 
Nos planos do município, em um primeiro momento, apenas as regiões Norte e Continental serão atendidas por empresa privada, já que a Comcap não tem servidores suficientes para atuar nesses locais. Uma empresa passou a atuar depois que findou contrato de funcionários temporários do município. Nas demais regiões, o contrato de terceirização não será implantado de imediato, pelo menos até os próximos 12 meses, já que a Comcap tem servidores para atender. A Prefeitura oficializou essa intenção para o movimento grevista, e também garantiu que nenhum servidor será demitido, como a lei já garante.
 
“Vamos manter o planejamento de terceirizar a coleta para baratear o custo e poder investir na cidade. O sindicato entendeu que não fará mais chantagem com a prefeitura. Na prática, a greve serviu para colocar muitos servidores contra o movimento sindicalista que quase causou a demissão já autorizada pela justiça de centenas de funcionários”, ressaltou o prefeito Gean Loureiro
  

A coleta de lixo realizada pela Comcap será retomada ainda hoje, seguindo o cronograma normal de coleta que já era realizado pela autarquia. Os servidores farão uma força-tarefa para repor as horas não trabalhadas durante a greve ilegal para garantir a limpeza total da cidade o mais rápido possível.


Comente com o Facebook