Governo do Estado leva internet de qualidade ao meio rural de Santa Catarina


Um sonho antigo dos produtores rurais catarinenses começa a se tornar realidade. O Governo do Estado iniciou o repasse de recursos para levar internet de qualidade ao meio rural de Santa Catarina. O município de Vargeão será o primeiro contemplado com o convênio de R$ 300 mil que possibilitará a instalação das redes de fibra ótica no campo. O anúncio foi feito durante o roteiro de entregas do governador Carlos Moisés e do secretário de Estado da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural, Altair Silva, por 12 municípios nas regiões Oeste e Extremo Oeste, somando R$ 28,4 milhões em investimentos no agronegócio catarinense.

“Internet de alta qualidade é essencial no nosso dia a dia e no meio rural não é diferente. Por isso é com grande satisfação que anunciamos esse repasse. O Governo do Estado tem promovido diversas ações, como essa, para gerar oportunidades nesse meio e fazer com que a agricultura familiar e o agronegócio se fortaleçam ainda mais”, destacou o governador Carlos Moisés.

A intenção do Governo do Estado é investir R$ 50 milhões no projeto de conectividade no meio rural e cobrir boa parte dos municípios com estrutura de fibra ótica. A escolha de Vargeão para dar o pontapé inicial no projeto se dá porque o município é proprietário dos postes por onde passarão os cabos de internet nas áreas rurais, sem necessidade de alteração na legislação.

“Essa é uma das ações prioritárias do Governo do Estado e uma ação que irá gerar uma verdadeira revolução no agro catarinense, aumentando a atratividade do meio rural, dando possibilidades de escolha e estudos para os jovens agricultores. Temos um agronegócio pujante, tecnificado e, assim como as cidades, o interior também precisa estar conectado”, comemorou Altair Silva.

Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News

Para expandir o programa, a Secretaria da Agricultura encaminhou um projeto de lei para a Assembleia Legislativa, que permite que as concessionárias de energia elétrica e de telecomunicações compartilhem a mesma estrutura, especialmente os postes, sem nenhum custo. Segundo o secretário Altair Silva, o aluguel dos postes é hoje um dos maiores impeditivos para a instalação da internet de fibra ótica no interior.

Após a instalação da estrutura de fibra ótica nas estradas rurais, os agricultores contarão com o apoio da Secretaria para fazer a conexão com suas propriedades. O Fundo de Desenvolvimento Rural (FDR) possui uma linha de crédito especial, com financiamentos sem juros, para que os agricultores conectem suas propriedades à infraestrutura de fibra ótica do município.

Entrega de equipamentos

Além do aporte de recursos para a instalação de internet no meio rural de Vargeão, o governador Carlos Moisés e o secretário da Agricultura Altair Silva anunciaram ainda o repasse de R$ 1,8 milhão para os municípios de São Domingos, Galvão, Nova Erechim, Águas Frias, Palma Sola, Saltinho, Santa Terezinha do Progresso, São Miguel da Boa Vista, Nova Itaberaba e Faxinal dos Guedes para aquisição de implementos agrícolas.

Entre os equipamentos estão quatro retroescavadeiras, um trator agrícola, um caminhão e kit apicultura. O maquinário será utilizado para fortalecer a agricultura familiar nos municípios, principalmente na infraestrutura no meio rural. O recurso é do Fundo de Desenvolvimento Rural (FDR) e será repassado para que as prefeituras façam a aquisição dos materiais.

Investimento recorde para minimizar os impactos da estiagem

O roteiro pelo Oeste e Extremo Oeste foi marcado ainda pelo repasse de R$ 300 milhões para o Programa SC Mais Solo e Água nos próximos três anos. Já em 2021, serão destinados R$ 100 milhões para projetos de captação, armazenagem e distribuição de água, além da conservação de fontes e nascentes.

Embora o Programa SC Mais Solo e Água esteja aberto para todo o estado, é no Oeste e Extremo Oeste que está a maior concentração de investimentos devido à alta procura dos produtores rurais e também às estiagens recorrentes nos últimos anos. Só nas regiões de Xanxerê, Palmitos e Chapecó serão destinados R$ 26,3 milhões para atender 948 projetos.

Os recursos serão utilizados também para aquisição de equipamentos que serão cedidos para as prefeituras reforçarem o abastecimento de água no interior.

Informações adicionais para imprensa:
Ana Ceron
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural
E-mail: [email protected]
Fone: (48) 3664-4417/ 98843-4996
Site: www.agricultura.sc.gov.br

Fonte: Governo SC

Comente com o Facebook