Anunciadas quatro escolas que terão otimização entre estado e município


Foram anunciadas as quatro escolas que a partir de 2022 vão integrar o Projeto de Otimização das Redes de Ensino, do Governo do Estado, em Chapecó. Em transmissão pelas redes sociais da Prefeitura o prefeito de Chapecó, João Rodrigues, a secretária de Educação do Município, Astrit Tozzo, e a coordenadora regional de Educação do Estado, Mareni Rosa da Silva, informaram que o município vai assumir as turmas do 1º ao 5º ano das Escolas Luiza Santin, Neiva Costela e Geni Comel e, do 1º ao 9º ano, da Alécio Cella, no bairro Trevo.

No caso da Alécio Cella a secretária Astrit Tozzo disse que o município pretende construir uma nova estrutura. No caso da Geni Comel, o espaço será compartilhado entre o município e o estado. O prefeito João Rodrigues disse que pretende ampliar a estrutura existente.

“A otimização é uma necessidade para podermos ampliarmos a oferta de vagas e melhorarmos o atendimento. Nós aceitamos as escolas onde os alunos terão uma opção próxima”, disse o prefeito, João Rodrigues.

Somente os alunos do 6º ao 9º de duas escolas terão que trocar de local. Os alunos do Luiza Santin podem optar pelo Bom Pastor ou Pedro Maciel. Os da Neiva Costela vão para a EEB Coronel Ernesto Bertaso, no São Cristóvão.

“Quem ganha com isso é a comunidade, pois isso vai permitir melhorar as estruturas de ensino”, disse a secretária Astrit Tozzo.

Mareni Rosa da Silva explicou que os servidores estaduais podem optar por outras vagas na rede estadual ou então serão cedidos ao município, sem perdas na carreira.

Antes a transmissão foi realizada uma reunião com diretores das escolas envolvidas, pais e professores, no auditório da Prefeitura.

Comente com o Facebook