Dados apontam que imunização completa reduz agravamento da Covid-19


Desde janeiro deste ano, quando começou o processo de aplicação da vacina contra a Covid-19 em Joinville, a Secretaria da Saúde reforça constantemente a importância da adesão da população à imunização. Dados coletado junto aos hospitais da cidade comprovam que o percentual de internados com a imunização completa é menor que aqueles que ainda não concluíram o processo.

“A vacinação é a melhor estratégia para o combate à Covid-19 que nós temos em todo o mundo. Por este motivo, é importante que os joinvilenses cumpram o cronograma de imunização”, explica Jean Rodrigues da Silva, secretário da Saúde de Joinville.

Nesta terça-feira (21), 61,5% do total de internados com Covid-19 em Unidades de Terapia Intensiva e Enfermarias de Joinville são pessoas que não estão com a imunização completa. Neste número, estão contemplados aqueles que não tomaram nenhuma dose (58%) e aqueles que tomaram apenas a primeira dose (42%). Entre os internados, 38,5% das pessoas receberam as duas doses ou dose única da vacina.

“A vacinação reduz as chances do agravamento da doença e é exatamente este o cenário que observamos ao perceber que menos de 40% dos internados estão com a imunização completa”, afirma o secretário.

Em Joinville, a vacinação segue avançando. Até agora, 615,5 mil doses de vacina foram aplicadas. Do total, 402,9 mil são primeiras doses, 231,3 mil segundas doses ou doses únicas e 375 doses de reforço.

Comente com o Facebook