Handebol de Criciúma disputa fase regional do Campeonato Brasileiro Sub-16


Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News

A equipe de handebol masculino da Fundação Municipal de Esportes (FME)/ Associação Desportiva de Handebol de Criciúma (ADHC) está a uma vitória de disputar a fase final do Campeonato Brasileiro de Cadetes (Sub-16). As partidas da etapa sul estão ocorrendo no Ginásio Municipal Irmão Walmir Antônio Orsi. O próximo confronto do time será neste sábado (18), às 15h, contra o Nacional, de São José.

Sediar e participar dessa etapa do Sub-16 é resultado de um trabalho de base, que valoriza a prática esportiva nas diferentes faixas etárias”, apontou o presidente da FME, Neto Uggioni. Segundo ele, receber a competição é positivo para a imagem da cidade. “O empenho na realização desses eventos traz reconhecimento e prestígio para Criciúma, nos destacando como um polo desportivo diverso”, ressaltou.

O elenco estreou na última quinta (16), quando venceu o Recreio da Juventude, de Caxias do Sul, por 31 a 29. “Foi um jogo bem equilibrado, mas saímos vitoriosos, com uma virada nos minutos finais. O destaque da partida foi nosso jogador, Vinicius Mendes, que fez 12 gols”, contou o técnico Martinho Mrotskoski. “Estamos bem confiantes, mesmo sabendo que não há jogo fácil. Ser sede de uma etapa do brasileiro cadete é de grande valia para o município, por isso agradeço a fundação, que não mede esforços para apoiar as modalidades em Criciúma”, concluiu.

De acordo com o treinador, a equipe estará presente na partida do Nacional contra Recreio da Juventude, nesta sexta, para analisar o jogo e discutir estratégias para o confronto no sábado. Caso o time local vença o Nacional, estará classificado para a etapa final, prevista para outubro, em Fortaleza (CE).

O Campeonato Brasileiro Cadete é promovido pela Confederação Brasileira de Handebol. A competição reúne 21 times de todo o país, divididos em cinco grupos. Criciúma é sede da Zona 5, da qual participam três equipes da região sul do país. As outras zonas estão localizadas no Distrito Federal, Maranhão, Pernambuco e Minas Gerais.

Comente com o Facebook