Camboriú conquista primeiro lugar em SC em índice de Governança Municipal

O Índice de Governança Municipal (IGM), levantamento anual feito pelo Conselho Federal de Administração (CFA), traz Camboriú como um dos destaques, entre os mais de cinco mil municípios brasileiros analisados. Com índice de 6,46, a cidade está inserida no grupo 5, que analisa municípios do país de 50 a 100 mil habitantes e PIB per capita de até R$ 18.570,55. No Brasil, das 176 cidades com essas características, Camboriú aparece na 16ª posição em sua categoria, se destacando como a primeira em Santa Catarina.

O índice foi gerado com base em dados de 2020. A classificação no ranking levou em conta três dimensões: Finanças, Gestão e Desempenho. As informações foram elaboradas a partir de dados secundários, e considera áreas como saúde, educação, gestão fiscal, habitação, recursos humanos, transparência, planejamento e outros. O Sistema busca promover a Ciência da Administração, valorizando as competências profissionais, a sustentabilidade das organizações e o desenvolvimento do país.

“Desde que assumimos a prioridade é mantermos nossos sistemas de informações sempre transparentes e atualizados e com políticas sociais efetivas. Já fomos destaque em 2019 e agora repetimos o feito. Este indicie aponta que estamos no caminho certo, cada vez mais focados numa gestão efeciente, sustentável e com economicidade ”, avaliou o prefeito Elcio Rogério Kuhnen.

 

.*A avaliação*

 

Lançado em 2016, o Índice CFA de Governança Municipal (IGM-CFA) foi criado com o intuito de auxiliar gestores públicos a entender, através de dados consolidados, quais seriam as possíveis oportunidades de melhorias em seu Município.

Desde então foram realizadas diversas audiências públicas pelo país. Nestes encontros, foram identificadas oportunidades de melhoria do índice e, em 2018, foi construída uma nova metodologia, destacando-se dois pontos principais: a) agrupamento de municípios semelhantes e, b) definição de metas a serem atingidas pelos municípios, aprimorando-se, assim, a metodologia anterior ao permitir uma comparação mais justa e efetiva entre os municípios.

 

Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News

Comente com o Facebook