Fundação Cultural lança edital de patrocínio para concurso natalino nas escolas

A Fundação Cultural de Camboriú lançou um edital de patrocínio, com o objetivo de angariar junto a empresas da região, doações para premiar as turmas vencedoras do concurso natalino, que será realizado no último trimestre do ano, com alunos de escolas municipais. Na ação, os alunos arrecadarão garrafas PET para a confecção de árvores de natal. Em contrapartida as empresas doadoras, as mesmas serão contempladas com publicidade durante a divulgação do concurso.

Os participantes do edital podem ser tanto pessoas físicas quanto jurídicas, desde que não tenham penalidade de suspensão ou de declaração de idoneidade pela Administração Pública, e estejam em situação regular cadastral, tributária e fiscal. Além disso, o edital prevê que empresas possam apresentar suas respectivas propostas de premiação em conjunto, desde que sejam respeitadas a quantidade de vagas solicitadas no edital, estipulada em 40.

Já para oficializar a inscrição, os interessados deverão apresentar os documentos requeridos até o dia 1º de outubro, às 18h na Fundação Cultural de Camboriú, localizada na rua Hercílio Zuchi, em anexo ao ginásio de esportes Irineu Bornhausen, no Centro. Outra opção é enviá-los através do email [email protected] O selecionado no edital terá entre 4 e 22 de outubro para fornecer o material ou documento alternativo referente a premiação. O edital pode ser acessado no site da Prefeitura (Editais > Fundação Cultural de Camboriú).

O concurso
Promovido pela Fundação Cultural de Camboriú, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação, o concurso de natal será realizado nas escolas municipais visando a confecção de árvores natalinas recicláveis. Para isso, as turmas participantes vão arrecadar garrafas PET transparentes e/ou verdes de dois litros (com ou sem tampas). A equipe vencedora será aquela que mais arrecadar garrafas PET, recebendo a premiação aquelas mais bem colocadas na classificação geral. Além disso, as crianças participarão da montagem das árvores.

Comente com o Facebook