Última semana para inscrever projetos nos editais da Lei Aldir Blanc


Termina nesta sexta-feira (17) o prazo para a inscrição nos editais de cultura da Lei Aldir Blanc promovidos pela Prefeitura de Joinville por meio da Secretaria de Cultura e Turismo (Secult). A iniciativa vai distribuir R$ 3 milhões e contemplar cerca de 170 projetos.

As premiações variam entre R$ 5 mil e R$ 75 mil e são divididas em quatro editais: festivais e eventos, ações culturais, compra de espetáculos para o Natal e trajetória artístico cultural. Podem inscrever projetos artistas, atores, artesãos, cantores, desenhistas, dançarinos, cineastas, músicos, instrumentistas, djs, promotores de eventos, e outros profissionais, ou pessoas jurídicas, que atuem com atividades culturais e artísticas em Joinville.

A inscrição pode ser feita de forma on-line ou presencial. Nos dois casos são solicitados documentos pessoais, como CPF e RG, certidão negativa de débito municipal, estadual e federal, quitação eleitoral, contrato social (caso pessoa jurídica), além da proposta para o edital escolhido, valor pretendido e nome do projeto. As informações sobre os processos estão publicadas aqui.

De acordo com o gerente de cultura da Secult, Cassio Correia, o processo é simples e menos burocrático que outros editais de fomento à cultura. Segundo o gestor foram recebidos desde o início da abertura dos editais, em 13 de agosto, aproximadamente 80 projetos.

“Há uma tendência em deixar para o último momento, mas alertamos os interessados a se inscreverem o quanto antes, porque se tiverem dúvidas no processo ainda dará tempo de sanar e fazer os trâmites corretamente”, explica Cassio. 

Para a diretora executiva da Secult, Francine Olsen, os editais são uma oportunidade ímpar para quem atua com cultura, arte e eventos no município.

“Essa verba é remanescente do edital de 2020 da Lei Aldir Blanc e se não a investirmos teremos que devolver o valor para o Governo Federal. Por isso, convocamos os agentes culturais da cidade para se inscreverem. A intenção é movimentar e aquecer esse segmento econômico que foi tão afetado pela pademia”, pontua da diretora.

Ainda sobre os editais, é possível um mesmo proponente participar de todas as iniciativas, exceto os contemplados na categoria mérito cultural pelo governo do estado. Ressalta-se ainda que quem participou dos editais promovidos pela secretaria no ano passado, 2020, pode participar novamente este ano. A previsão é que o resultado seja divulgado em outubro.

Editais e recursos

– Compra de Espetáculos para o Natal
30 projetos – R$ 5 mil
10 projetos – R$ 10 mil
15 projetos – R$ 50 mil
Valor total: R$ 1 milhão

– Festivais e Eventos
Até 5 projetos – R$ 50 mil
Até 8 projetos – R$ 75 mil
Valor total: R$ 850 mil

– Ações Culturais 
40 projetos – R$ 5 mil
10 projetos – R$ 15 mil
10 projetos – R$ 30 mil
Valor total: R$ 650 mil

– Premiação de Trajetória Artístico Cultural
50 prêmios – R$ 10 mil
Valor total: R$ 500 mil

Comente com o Facebook