Cultura lança edital para conselheiros suplentes


A Secretaria Municipal de Cultura e Relações Institucionais de Blumenau (SMC) abre segunda-feira, dia 13 de setembro, o período de inscrições para os interessados em compor como suplente o Conselho Municipal de Política Cultural (CMPC). Poderão se inscrever pessoas físicas, maiores de 18 anos, residentes e domiciliados em Blumenau. Os candidatos vão disputar uma vaga nas seguintes áreas: Artes Visuais, Design e Moda, Cinema e Vídeo e Música. O mandato será de dois anos – 2021/2023.

As inscrições poderão ser encaminhadas por formulário a partir do dia 13 de setembro até as 23h59 de 17 de setembro. Para isto, basta que o interessado acesse https://forms.gle/rwErsFshCiGjdQbo8. “Os conselheiros de cultura têm papel fundamental na gestão das políticas públicas. A troca de ideias e opiniões quando se reúnem para debater assuntos tem o objetivo de chegar a um consenso que irá atender às necessidades sociais”, destaca o secretário municipal de Cultura, Sylvio Zimmermann Neto..

A eleição dos representantes da sociedade civil do CMPC para suprir as 3 vagas de suplente, será realizada no dia 23 de setembro de 2021, conforme convocação para esta finalidade que será encaminhada para o e-mail do candidato. “A participação social é imprescindível para o exercício da cidadania”, salienta a presidente do CMPC, Camila Pimenta. “O contato dos cidadãos com o Poder Público os aproxima de processos, ações e políticas que impactarão no processo de fazer cultural na nossa cidade. Por isso é extremamente importante que a sociedade civil ocupe todos os espaços que são determinados a ela.”

Saiba mais

Acesse o edital: https://www.blumenau.sc.gov.br/downloads/smc/chamamento_publico_cmpc_001_2021.pdf

Regulamento completo do Chamamento Público Nº 001/2021: https://drive.google.com/file/d/13in_a4hFJirYMaOz1jwUvPcddR6bwI0B/view?usp=sharing

Informações adicionais:

E-mail: [email protected]

Assessor de Comunicação: Sérgio Antonello 

postada em 10/09/2021 17:09 – 3 visualizações

Fotos

Comente com o Facebook