Sargento Lima diz que não destinará mais emendas parlamentares à segurança

Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News


Sem planilha detalhada e sem o compromisso específico do governo do Estado sobre como fará a distribuição de recursos, o deputado Sargento Lima (PL) não enviará “mais nenhum centavo das suas emendas parlamentares para a segurança pública”. Conforme o deputado, que é da reserva da PM, o governo Carlos Moisés distribuiu policiais aos municípios seguindo critérios político-partidários.

Além disso, completou Sargento Lima, o governo tinha conhecimento dos recursos destinados pelos parlamentares e não se organizou para comprar viaturas, armas e equipamentos de segurança. O preço subiu e as verbas parlamentares se tornaram insuficientes para adquirir o volume previsto.

Sobre a distribuição de PMs obedecer critérios políticos, Lima reafirmou que região representada por três ex-líderes de governo recebeu 79 agentes, enquanto regiões mais populosas, como Joinville, ganharam menos de 20.

Sargento Lima está procurando colegas parlamentares para explicar a consequência do governo não ter se programado para adquirir os equipamentos e para pedir aos deputados que se estabeleçam critérios para a destinação de futuros recursos.

Comente com o Facebook