Covid-19: aumenta o número de pessoas que não voltou para tomar a segunda dose


Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News

Já está em 3,8 mil o número de pessoas que não retornou para fazer a segunda dose de vacina contra covid-19 em Criciúma. O número preocupa o Governo Municipal, e a Secretaria de Saúde faz alerta para a população, já que apenas com a segunda aplicação o ciclo da imunização contra o vírus é concluído. “São quase quatro mil pessoas e isso assusta bastante. Precisamos que todo o ciclo seja terminado para que a imunização atinja toda a população”, destacou o secretário de Saúde, Acélio Casagrande.

Segundo ele, existe um Decreto Municipal que destina estes imunizantes para aplicação em outras pessoas, após 10 dias do vencimento do prazo. “Isso ajuda a não deixar represadas estas doses, mas nosso objetivo é acima de tudo vacinar toda a população com as duas aplicações, porque só assim poderemos garantir um retorno seguro à normalidade”, completou o secretário.

De acordo com dados da Vigilância em Saúde, são mais de 2,3 mil pessoas que deixaram de fazer AstraZeneca, 883 coronavac e pelo menos 619 da Pfizer. “O calendário de aplicação está bem claro e a data exata para a segunda dose pode ser buscada no portal minhavacina.criciuma.sc.gov.br, mas também na carteirinha de saúde ou tirando dúvidas nas Unidades Básicas de Saúde”, afirmou o gerente de Vigilância em Saúde, Samuel Bucco. “Precisamos muito que as pessoas compareçam para fecharmos o ciclo e dar continuidade a outras faixas etárias”, enfatizou o gerente.

Prazos 2ª dose conforme vacina

O prazo para aplicação da segunda dose varia de acordo com a marca da vacina aplicada, sendo: Coronavac – 14 a 28 dias, AstraZeneca – 70 a 84 dias, Pfizer – 84 dias.

 
Horário estendido na Santa Bárbara

As 46 salas de vacinação da Secretaria Municipal de Saúde estarão abertas nesta terça-feira (31) até às 17h. O Salão Paroquial de Santa Bárbara terá novamente horário estendido até às 20h. “A ideia é facilitar ao máximo para que quem não possa comparecer durante o horário normal, possa vir depois do expediente”, explicou o secretário Acélio.

Primeira dose

A aplicação da primeira dose segue sendo feita em pessoas acima de 18 anos e grupos prioritários. Todos devem estar cadastrados no Portal Minha Vacina. Para a segunda dose é necessário levar carteira de vacinação, comprovando a primeira aplicação.

Comente com o Facebook