Com gasolina a R$ 6, preços dos combustíveis voltam à discussão na Alesc


Com a gasolina custando cerca de R$ 6 em várias regiões de Santa Catarina, o preço dos combustíveis voltou ao debate na sessão de terça-feira (31) da Assembleia Legislativa.

Luciane Carminatti (PT) usou a tribuna para explicar que o ICMS não é o culpado pelos nove aumentos dos combustíveis em 2021, que majoraram em mais de 50% os preços da gasolina.

“O fator que mais pesou no aumento dos preços foram os reajustes feitos pela Petrobrás”, afirmou Carminatti, que ironizou o discurso do presidente Bolsonaro de que o ICMS é culpado pelos preços. “A alíquota de 25% é a mesma há mais de 30 anos, no Rio Grande do Sul e no Paraná é 29%. O diesel é de 12% desde Vilson Kleinubing”.

Para Carminatti, a política de preços da estatal, adotada pelo ex-presidente Michel Temer, atrelou os preços no mercado interno ao preço do petróleo no mercado internacional, que é cotado em dólar.

“A gasolina está dolarizada para os acionistas ganharem muito”, disparou Carminatti, que condenou o pagamento antecipado de R$ R$ 31,6 bi em dividendos aos acionistas da empresa em 2021.

Sargento Lima (PL) foi além no tempo e responsabilizou a ex-presidente Dilma Rousseff pela gasolina a R$ 6.

“As tratativas para dolarizar o preço dos combustíveis começaram no governo Dilma Rousseff”, pontuou Lima, que reconheceu que somente em 2018, no governo Temer, a política de preços atrelada ao dólar foi adotada.

“O mundo é uma aldeia global, o problema de todos os países acaba influenciando aqui dentro do Brasil, influenciando o dólar, e influencia no nosso combustível aqui”, avaliou o representante de Joinville, que elogiou o desempenho da Petrobrás e parabenizou o investidor que apostou na empresa.

Ana Campagnolo (PSL) reclamou da falta de memória do brasileiro e citou reportagem da revista Veja de 11 de agosto de 2014, que informava que o brasileiro começaria a sentir no bolso o aumento dos combustíveis.

“A política de preços da Era Dilma custou R$ 100 bi, mais que toda Lava Jato”, acusou a deputada, que responsabilizou o Partido dos Trabalhadores de patrocinar o congelamento dos preços dos combustíveis para ganhar a eleição e permanecer no poder.

A deputada ainda elogiou o presidente Jair  Bolsonaro pela “coragem de não ceder à demagogia e congelar os preços dos combustíveis”.

País do avesso
Bruno Souza (Novo) criticou decisão de membros do Ministério Público Federal (MPF) de ajuizar ação por danos morais coletivos contra a operação Lava Jato.

“O problema não é o desvio, os milhões usados para pagar mordomias do ex-presidiário, o problema ruim de verdade é combater a corrupção. É o país do avesso, difícil de explicar lá fora, se vai contar, o pessoal pensa que é mentira. O problema não é a corrupção, é o combate à corrupção”, discursou Bruno.

Desastre na Lagoa da Conceição
Bruno Souza lembrou a passagem de sete meses do rompimento de uma lagoa de efluentes localizada entre as dunas da Lagoa da Conceição, em Florianópolis.

“Cerca de 65 moradores tiveram de deixar suas casas, uma rua foi destruída, e todo dejeto foi parar na Lagoa. Sete meses se passaram e ninguém sofreu punição alguma”, reclamou Bruno.

O parlamentar apontou para a responsabilidade da Casan, que ignorou, entre outras sugestões, que fosse retirada a lama do fundo da lagoa, que impede a água de penetrar no solo arenoso.

“Agora a Casan está removendo o solo lanoso, foi necessário um desastre acontecer para que se fizesse uma ação paliativa, a Casan foi omissa com o patrimônio natural”.

Anita Garibaldi
Tiago Frigo (PSL) repercutiu na tribuna o bicentenário de nascimento de Ana Maria de Jesus Ribeiro, chamada pela família de Aninha, e de Anita pelo mítico revolucionário italiano, Giuseppe Garibaldi, com quem se casou e teve filhos.

“Nossa homenagem a Anita Garibaldi, que ontem (30) completou 200 anos de nascimento. Um exemplo de coragem e defesa da causa republicana. Não há nenhum registro de vulto feminino que tenha pego em armas em dois continentes tão distantes e defendido quatro repúblicas: a Catarinense (Juliana), a Rio Grandense, a do Uruguai e a Romana”, rememorou Frigo.

O deputado citou homenagem do Senado Federal à filha de Laguna e destacou a emissão de selo comemorativo, pelo Brasil e pelo Uruguai, alusivo aos 200 anos do nascimento de Anita Garibaldi.

“Não aceitava que homens e mulheres tivessem tratamento diferenciados”, enfatizou Frigo.

Ingo Mário Thiem
Maurício Eskudlark (PL) lamentou a morte do policial civil Ingo Mário Thiem, de Canoinhas.

“Era comprometido com o exercício da segurança pública, quero levar aos colegas, familiares e amigos os nossos sentimentos e solidariedade, foi um jovem que Deus chamou”, ponderou Eskudlark.

Gargalos do Planalto Norte
Silvio Dreveck (PP) expôs aos colegas os gargalos do Planalto Norte, região que tem atraído empresas, rompendo com anos de baixos investimentos privados.

“Tem a ligação da SC-477 entre Papanduva, Major Vieira e Canoinhas, que está em andamento o projeto de engenharia. A rodovia está completamente destruída, mas a médio prazo o problema será resolvido”, garantiu Dreveck.

Outro gargalo, de acordo com Dreveck, é o contorno de Doutor Pedrinho, no Vale do Itajaí.

“(A rodovia) passa no centro, gerando dificuldades para os moradores, por isso a necessidade de um contorno. Parece que o projeto está concluído e vamos ter nos próximos dias uma reunião para tentar acelerar, para que este trecho possa ser executado”, declarou o representante de São Bento do Sul.

Vacinação dos adolescentes
Neodi Saretta (PT) comemorou o início da vacinação dos adolescentes contra a Covid-19 em Santa Catarina.

“A vacinação é essencial para avançar no combate à pandemia, estamos bastante atrasados na segunda dose, pouco mais de um quarto recebeu a segunda dose, que é a imunização completa, ainda temos muito o que avançar”, analisou Saretta, acrescentando que na faixa de 18 a 19 anos apenas 12,6% receberam a primeira dose.

Máscaras nas escolas
Saretta noticiou sugestão que fez ao Executivo de distribuir máscaras PFF2 nas escolas públicas estaduais.

“Que o governo forneça as máscaras PFF2 para os estudantes, professores e servidores da rede estadual de ensino, ainda estamos com altos níveis de incidência da doença”, alertou o presidente da Comissão de Saúde, garantindo que há disponibilidade de recursos.

Transferência de paciente
Nilso Berlanda (PL) parabenizou a Secretaria de Estado da Saúde (SES) pela transferência de avião de cidadão de São Cristóvão do Sul, que estava internado em Curitibanos, para o Hospital Homero de Miranda Gomes, em São José, onde realizou uma delicada cirurgia cardíaca.

“Na sexta-feira a equipe do avião Arcanjo transferiu seu Valdemar, no mesmo dia passou por uma cirurgia de sete horas, está se recuperando, inclusive com alta para os próximos dias”, informou Berlanda.

Samuel Castro
Volnei Weber (MDB) lamentou a morte do jovem Samuel “Samuca” Castro, de Tubarão, vítima de acidente automobilístico.

“Um momento triste que passamos no município de Tubarão, que foi a partida do nosso querido Samuel Castro, falecido na última quinta-feira. Samuca era super atuante na política, era presidente da JMDB e empresário na cidade. Uma pessoa com um futuro brilhante”.

Visita do governador ao Sul
Volnei Weber parabenizou o governo do estado pelo investimento de R$ 350 mi nas regiões de Araranguá, Criciúma e Tubarão. Entre as obras, destaque para o processo licitatório da serra do Faxinal e à ordem de serviço para pavimentação da serra do Corvo Branco.

Também foram destinados recursos para os hospitais, às prefeituras, para a construção de usinas de asfalto e reforma de escolas.

“Foram mais de R$ 350 mi, fruto de uma gestão responsável, diferente, com muito planejamento. Quero deixar meu agradecimento, porque através dos nossos pedidos, o governo tem olhado para os nossos municípios”.

Comente com o Facebook