Auxiliar técnico do vôlei de Chapecó está no Mundial Sub-19


Chapecó está representada na Seleção Brasileira de Voleibol Masculino Sub-19, que estreou nesta terça-feira no Mundial da categoria, no Irã. Infelizmente o Brasil perdeu por 3 sets a 0 para a Itália, parciais de 27/25, 25/21 e 25/21. O próximo confronto é contra a Bielorrússia, nesta quarta-feira, às 2h30. É a chance de buscar a recuperação. O Brasil está no Grupo B, que tem ainda a República Tcheca e Colômbia.

O auxiliar técnico da Seleção, Evandro Elias Pontes, que trabalha como técnico infanto-juvenil e auxiliar na equipe principal da APROV/Chapecó, já previa dificuldade na estreia.

“Temos uma seleção promissora, mas as equipes europeias Itália e República Tcheca, atuais campeão e vice-campeão europeu, são muito fortes e a equipe da casa, o Irã, tem tradição na categoria. Vai ser um grande desafio para a Seleção Brasileira. A meta é classificar entre os quatro que passam para a fase do mata-mata”, disse Pontes.

Antes do Mundial a equipe brasileira fez uma série de três amistosos contra a equipe da Bulgária. Pontes é natural de Americana-SP, mas mora em Chapecó desde 2012, pois sua esposa é daqui. Ele também foi jogador da APROV, onde agora trabalha com o técnico Nilson Rex.

“Sou muito grato de ser um representante da Aprov e do esporte chapecoense na Seleção Brasileira”, disse Pontes.

Comente com o Facebook