Secretaria de Educação capacita profissionais da Educação Especial


A Secretaria Municipal de Educação realizou, na quarta-feira, uma nova etapa de formação continuada dos profissionais que atuam na Educação Especial. O encontro foi baseado na troca de conhecimentos entre os professores através de relatos de experiências exitosas.

O objetivo da formação é oportunizar a compreensão do que é essencial no processo de adaptação/adequação curricular dos estudantes, ressaltando a importância do professor enquanto mediador pedagógico no processo de elaboração e apropriação de conceitos sistematizados do conteúdo escolar. Os acontecem de forma presencial e síncrona aos professores que estão em trabalho remoto.

De acordo com a secretária Municipal de Educação, Astrit Tozzo, a formação oferecida aos segundos professores contribui para a realização de adaptações/adequações curriculares que possam explorar ao máximo as potencialidades e atender à singularidade dos estudantes.

Para a gerente de Educação Especial, Jucilei Blanger Perin, as formações são momentos especiais.

“É a oportunidade de ouvir nossos colegas suas superações e êxitos, tirar dúvidas e trocar experiências. A temática ajuda o professor a avaliar as dificuldades e potencialidades dos estudantes público da Educação Especial, além de mostrar como é possível realizar as adaptações/adequações de forma simples, dinâmica e efetiva. Nosso foco é dar acesso aos estudantes com deficiência ao currículo, respeitando as singularidades e o processo de elaboração conceitual com vistas ao Continuum Curricular”, explicou.

As professoras, Josiane Lago Giovanoni e Kelly Marcon, que atuam como segundas professoras, contam que a formação na educação especial abordou inúmeras formas de adequação/adaptação curricular. “Servirá para colocarmos em prática na sala de aula, bem como a diversidade na forma de aprendizagem dos estudantes público alvo da Educação Especial. A partir do tema abordado durante a formação conseguimos estabelecer conceitos da teoria com a prática relacionados ao currículo escolar. A importância da formação continuada com ênfases em adaptação/adequação curricular visa agregar conhecimentos como a troca de experiências”, disseram.

A Formação Continuada para segundos professores em 2021 terá o último encontro no mês de setembro.

Comente com o Facebook