Duas propriedades são vistoriadas pela equipe do Produtor de Água do Rio Camboriú


A equipe do Produtor de Água do Rio Camboriú visitou duas propriedades durante a semana, nas localidades da Limeira e no Braço. Com auxílio de drone, além de verificar se os proprietários seguem cumprindo os requisitos que contribuem com conservação da bacia hidrográfica do Rio Camboriú, foi feita a coleta de água nos locais para verificar a qualidade do líquido.

Uma das vistorias foi na propriedade de Antônio Solano dos Santos, na Limeira. Ele é participante desde 2014 com 17,373492 hectares como área de conservação e 0,8778 ha de restauração, dos de 29,2348 hectares da propriedade. No Braço, a equipe verificou a propriedade de 51,2838 hectares de Renato Tadeu Rodolfo, que participa do projeto desde 2015, com 30,197 hectares de área de conservação inseridos.

Em ambas, não foram observadas irregularidades nas áreas vistoriadas. “Portanto, os proprietários estão aptos a receber o auxílio pago pela Emasa pelos serviços ambientais prestados para a conservação e recuperação da bacia hidrográfica do Rio Camboriú”, completou a engenheira Ambiental, Rafaela Comparim Santos, responsável projeto.

Sobre o Produtor de Água

O Produtor de Água do Rio Camboriú foi criado pela Empresa Municipal de Água e Saneamento de Balneário Camboriú (EMASA) em 2009, inspirada pelo Programa Produtor de Água da Agência Nacional de Águas (ANA) e por experiências internacionais. A iniciativa destina parte dos recursos da arrecadação anual, para a conservação e recuperação da bacia hidrográfica do Rio Camboriú, incentivando proprietários rurais a adotarem práticas conservacionistas em suas propriedades. O projeto conta atualmente com 23 propriedades parceiras e possui 1.129,75 hectares de área conservada, além de 70,79 hectares em processo de restauração.


EMASA
(47) 3261-0000

Diretoria de Comunicação
Jornalista Renata Furlanetto
Foto: Divulgação EMASA

www.instagram.com/prefeituradebc 

FOTOS

Comente com o Facebook