Criciúma é eleita polo nacional de Mini-Handebol


Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News

A cidade de Criciúma foi eleita pela Confederação Brasileira de Handebol (CBHb) como um dos polos nacionais do Mini-Handebol. O anúncio da chancela foi realizado através da página da CBHb no facebook. A modalidade é voltada à introdução do esporte para crianças de 05 a 10 anos, por meio de brincadeiras lúdicas. Para desenvolver as atividades, a sede utilizada pela FME/Associação Desportiva de Handebol de Criciúma (ADHC) será a Escola Municipal Jorge da Cunha Carneiro.

Martinho Mrotskoski Neto é técnico da FME/ADHC, e em julho foi reconhecido como embaixador do projeto no estado. “Nossa cidade tem um belo histórico de formação de atletas no handebol, inclusive com convocações para a seleção. Sou grato à FME, à Secretária de Educação e ao diretor da escola, por todo o apoio”, agradeceu. Segundo ele, a Confederação fornecerá cursos de formação para estagiários e professores, e mapeará futuros atletas. “Serão três tardes de treinos, começando na segunda. A ideia para o futuro é expandir as aulas para outras escolas”, concluiu.

O Mini-Handebol surgiu na década de 1970, quando o esporte perdia popularidade entre os mais jovens. As traves, bolas e formatos de jogo são adaptados às crianças. A CBHb tem como um dos objetivos, ao longo de todo o projeto, promover a adesão à modalidade, oferecendo palestras e workshops em escolas, além de elaborar materiais didáticos para as atividades. Em Santa Catarina, dez cidades foram escolhidas como polos, com 32 núcleos por todo o estado. Para mais informações, basta acessar o site do projeto nacional pelo link: cbhb.org.br/v1/area/mini-hand.
 

Comente com o Facebook