Bancada do Oeste: Fabiano conhece ações da Celesc para investimentos em SC

Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News


A Bancada do Oeste, coordenada pelo deputado Fabiano da Luz (PT), esteve reunida com o presidente da Celesc, Cleicio Poleto Martins, para conhecer as ações voltadas aos municípios do interior de Santa Catarina, nesta terça-feira (10), na sede da estatal em Florianópolis.

A diretoria apresentou que, de 2019 para cá, foram investidos R$ 200 milhões, através do Programa Celesc Rural, em 233 mil áreas rurais.

Com esses recursos, foram feitas a instalação de cabos protegidos, que são mais resistentes ao impacto de vegetação, e a substituição de redes com cabos nus por redes monofásicas ou por trifásicas, aumentando a segurança de fornecimento de energia elétrica em mais de 90%, conforme informações da Celesc.

O deputado Fabiano afirmou que o Programa Celesc Rural é muito importante por atender reivindicações antigas de quem vive no campo. “O presidente da Celesc nos repassou que faz o levantamento por demanda dos municípios”, disse o coordenador da Bancada do Oeste.

Também participaram do encontro os deputados Pedro Baldissera (PT), Luciane Carminatti (PT), Coronel Mocellin (PSL), Marlene Fengler (PSD) e Nilson Berlanda (PL).

Oportunidade no campo
“Conheci uma propriedade em São Carlos, onde robôs são utilizados para ordenhar as vacas. Lá, foram investidos R$ 1,5 milhão pelos produtores rurais. Mas toda essa modernidade esbarra na falta de eficiência energética para manutenção da atividade leiteira nos horários de pico. Por isso, nós defendemos investimentos na rede trifásica para acabar com a queda de energia”, disse o deputado Fabiano.

Segundo o presidente da Celesc, outra melhoria que vem sendo realizada tanto no campo, quanto na área urbana, é a instalação de religadores automáticos, que energizam automaticamente as redes em caso de queda não programada da energia. O valor do investimento para religadores é de R$ 53 milhões.

“Nós percorremos o Estado e sabemos que o campo é uma grande oportunidade porque encontramos diversos exemplos em propriedades da agricultura familiar onde utilizam mecanização e tecnologia para inovar e tornar o campo mais atrativo. Investindo no campo, também temos mais chances de jovens ficarem no interior”, avaliou o deputado Fabiano.

Quem vive no campo, segundo o deputado Fabiano, precisa de segurança para fazer um plano sucessório dos negócios aos filhos, genro ou outro familiar. “E isso passa por eficiência energética, pavimentação de rodovias, estradas rurais, facilitando a logística, oportunizando a atividade de empreender. Além disso, todas as pessoas vão ganhar consequentemente com uma nutrição mais saudável”, disse o deputado Fabiano.

Assessoria Parlamentar de Comunicação
Telefone/WhatsApp: (48) 99944-0190
www.fabianodaluz.com.br

Comente com o Facebook