RJ: 178 mil na faixa de 30 a 39 anos não se vacinaram contra covid-19

rj:-178-mil-na-faixa-de-30-a-39-anos-nao-se-vacinaram-contra-covid-19

O número de pessoas de 30 a 39 anos que não receberam a primeira dose de vacinas contra covid-19 nas datas indicadas para sua faixa etária no calendário do município do Rio de Janeiro chega a 177.954, segundo painel de dados da prefeitura do Rio de Janeiro. A meta do município é vacinar pelo menos 90% da população e de cada grupo etário. Como as quase 178 mil pessoas de 30 a 39 anos que não receberam nenhuma dose representam cerca de 17% dos mais de 1 milhão de moradores da cidade incluídos nesse grupo, a meta ainda não foi atingida.

Com ritmo mais acelerado em agosto, o calendário prevê repescagem para essas pessoas nos dias 19, 20 e 21 deste mês, depois que a aplicação da primeira dose tiver alcançado a faixa etária de 18 anos. A Secretaria Municipal de Saúde ressalta quem não se vacinou no seu dia terá mais uma oportunidade nos dias marcados para a repescagem.

A vacinação da população de 30 a 39 anos começou na semana de 12 a 17 de julho, quando foram chamadas aos postos as pessoas de 39 a 37 anos. Na quinzena seguinte, o calendário contemplou as idades de 36 e 35 anos em uma semana, e de 34 e 33 anos na outra, cada uma em três dias. Com um número maior de doses disponíveis, a vacinação foi intensificada em agosto, e as idades de 32, 31 e 30 anos tiveram apenas um dia cada no calendário.

Nas faixas etárias superiores, a vacinação com ao menos a primeira dose já superou os 90% pretendidos pelo município. Entre a população de 40 a 49 anos, cerca de 30 mil pessoas não receberam nenhuma dose da vacina, o que corresponde a 3% da população, segundo o painel da Secretaria Municipal de Saúde.

Entre os idosos, o município informa que a vacinação com a segunda dose alcançou 89% da população de 60 a 64 anos; 99% na de 65 a 69 anos; 92%  na de 70 a 74 anos; 93% na de 75 a 79 anos; e 90% de 80+.

Já entre os mais jovens, de 18 a 29 anos, ainda é preciso vacinar com a primeira dose cerca de 724 mil pessoas. Nesta semana, devem comparecer aos postos pessoas de 21 a 26 anos, nos dias marcados para suas idades.

Os impactos positivos da vacinação já têm sido claros nos dados epidemiológicos da cidade. Na semana passada, a prefeitura informou que apenas 5% das pessoas que se internam por covid-19 tomaram ao menos uma dose da vacina, enquanto 95% restantes são daqueles que não tomaram nenhuma dose.

De acordo com o secretário de Saúde, Daniel Soranz, a cidade, que  já chegou ter 1.400 pessoas internadas ao mesmo tempo por causa da covid-19, tinha 650 na última sexta-feira (6).Notícias de Santa Catarina - SC HOJE NewsNotícias de Santa Catarina - SC HOJE News

Comente com o Facebook