Joinville registra caso de variante Delta com contaminação autóctone


Após mapeamento genético solicitado pela Secretaria da Saúde, foi confirmado o primeiro caso de contaminação autóctone da variante Delta da Covid-19 em Joinville. A contaminação autóctone é aquela confirmada em uma pessoa que não teve registro recente de deslocamento para localidades onde a doença já esteja colonizada.

O caso confirmado é de um homem, de 55 anos, morador da Zona Sul da cidade, que teve caso confirmado de Covid-19, apresentou piora clínica generalizada e faleceu no dia 9 de julho.

Com esta confirmação, os profissionais da Vigilância em Saúde deram início a uma investigação epidemiológica, com o objetivo de mapear as pessoas que tiveram contato com o homem contaminado e que apresentaram algum sintoma de Covid-19.

“É importante ressaltar que os cuidados com a imunização, o uso de máscara de proteção, o distanciamento e a higienização constante das mãos continuam sendo nossos principais mecanismos de defesa contra a Covid-19”, destaca Jean Rodrigues da Silva, secretário da Saúde de Joinville.

Comente com o Facebook