Encaminhada regularização fundiária para 256 famílias do bairro Efapi


A Diretoria de Regularização Fundiária e Habitação de Chapecó realizou nos últimos três dias um mutirão no Loteamento Vila Esperança, no Bairro Efapi. A ação descentralizada, que encerrou nesta sexta-feira, foi para recolher a documentação e assinar termos de compromisso para emitir certidões de regularização para 256 famílias.

De acordo coma diretora de Regularização Fundiária e Habitação, Edi Folle, na próxima semana os documentos serão encaminhados para o cartório e, dentro de dois meses, devem ser entregues as escrituras individualizadas, pelo prefeito João Rodrigues

“Aqui nós temos famílias que foram realocadas em 1996 e 1998, que já pagaram seus terrenos e ainda não tem escritura. Também temos 35 famílias de uma área que foi invadida, mas que já estão consolidadas, pois são anteriores a 2016. Estas famílias vão pagar uma parcela de R$ 80 mensais para o Fundo Municipal de Regularização Fundiária. Outras 10 famílias estão em Área de Preservação Permanente e serão realocadas em área próxima”, disse a diretora.

Ela destacou que a atual Administração já realizou o asfaltamento de ruas, buscou ampliar a rede de energia elétrica e agora vai resolver a questão de habitação. Com a escritura, os imóveis têm uma valorização de cerca de 30%.

Uma das moradoras que será beneficiada é a dona de casa Marilena Macedo, de 58 anos. Ela levou os documentos acompanhada da neta, Elisiane de Macedo, de 21 anos.

“Moro aqui há dez anos e só tinha um contrato . Estou muito faceira pois tenho uma renda só de cuidadora e não tenho nada no meu nome. Estou muito contente”, disse.

As despesas com registro serão subsidiadas pela Prefeitura. Neste ano também foi realizada uma ação similar no distrito de Marechal Bormann, que vai beneficiar 99 famílias. Também estão previstas regularizações para moradores da Linha São Pedro B, Lajeado São José e Sarandi, no Passo dos Fortes.

Comente com o Facebook