Realizada audiência pública sobre Plano de Saneamento Básico de Chapecó


Foi realizada nesta quinta-feira, no Auditório da Prefeitura de Chapecó, uma audiência pública sobre o Plano Municipal de Saneamento. De acordo com o secretário de Infraestrutura, Luiz Paulo Carraro, que também preside o Conselho Municipal de Saneamento, o objetivo é fazer uma revisão do plano, que estabelece metas e responsabilidades para obras de drenagem, saneamento e abastecimento de água.

“Temos o projeto de macrodrenagem das áreas que sofrem com alagamentos, principalmente na área central, e o prefeito esteve em Brasília buscando recursos. Na área de esgoto temos 77 mil pessoas atendidas, de uma população de 224 mil habitantes. Também temos demandas na área de abastecimento de água, com os projetos da Casan de captação no rio Chapecozinho, além da licitação dos poços profundos no Paraíso, Efapi e Esplanada, além dos reservatórios”, disse Carraro.

De acordo com o coordenador da revisão do Plano de Saneamento, o engenheiro sanitarista e ambiental Valdir Eduardo Olivo, mais de 100 contribuições foram recebidas e que agora serão avaliadas por uma equipe técnica da Prefeitura. Depois de apreciadas, passarão ainda pelo Conselho Municipal de Saneamento, para aprovação.

“A partir da aprovação a legislação precisará ser atualizada e o contrato de concessão com a Casan terá novas metas. Por exemplo, atender 99% da população com água encanada e tratada e 90% com tratamento de esgoto, até 2033”, disse Olivo.

Comente com o Facebook