História em quadrinhos faz parte dos 84 projetos da Lei Aldir Blanc aprovados em Criciúma


Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News

A história em quadrinhos (HQ) Laís: Feridas Abertas, foi aprovada pela Lei Aldir Blanc no edital n°002/2020 da Fundação Cultural de Criciúma (FCC). A proposta do projeto é a produção de uma história em quadrinhos, um vídeo de passo a passo sobre como produzir e publicar um livro, e a distribuição de uma remessa de livros da HG para a Secretaria de Educação. Além das doações previstas, o projeto doou mais exemplares de outras histórias educativas dos proponentes.

O conto aborda o tema da formação dos esteriótipos raciais nas crianças. “O nosso objetivo geral deste livro é falar um pouquinho sobre as relações raciais e, principalmente, os esteriótipos e como eles são formados na psique humana e durante a educação das crianças”, afirmou um dos proponentes do projeto, Reginaldo Arraes. “Nós já encaminhamos todos os processos. Agora, o material vai para produção e em outubro já teremos o livro impresso”, explicou Reginaldo. A faixa etária recomendada para trabalhar com as crianças é de até 10 anos.

“A proposta desse projeto associa criatividade e praticidade, ensina sobre a criação de um livro via material em vídeo, além de possibilitar futuros trabalhos com as crianças da rede municipal de ensino, visto que realizará a doação de diversos exemplares à Secretaria de Educação”, reconheceu o presidente da fundação cultural, Zalmir Casagrande.

O vídeo de passo a passo para publicar um livro está disponível no link https://youtube.com/watch?v=_QiFv1Iw8FI.

Comente com o Facebook