Nova recomendação para aplicação de vacinas para gestante e puérperas


Segundo informações do Ministério da Saúde divulgadas na última sexta-feira, 23, as gestantes e puérperas (mães até 45 dias após o parto) que receberam a primeira dose da vacina contra a Covid-1 da Astrazeneca poderão a partir de agora receber a segunda dose da vacina Pfizer ou Coronavac. Vale ressaltar que, o prazo para aplicação da segunda dose deve seguir o período pré-agendado durante a primeira dose. 

A recomendação vinda do Ministério da Saúde é resultado do monitoramento contínuo de eventos adversos das vacinas contra a COVID-19 em uso no país realizado pela Anvisa, que identificou uma suspeita de evento adverso grave envolvendo uma gestante que recebeu a vacina AstraZeneca/Fiocruz

As mulheres que receberam a primeira dose da vacina AstraZeneca/Fiocruz e que estejam gestantes ou no puerpério (até 45 dias pós-parto) no momento de receber a segunda dose da vacina, deverá ser ofertada, preferencialmente, a vacina Pfizer/Wyeth. Caso este imunizante não esteja disponível na localidade, poderá ser utilizada a vacina Sinovac/Butantan. 

As gestantes e puérperas que receberem vacina no esquema de intercambialidade deverão ser orientadas a respeito das limitações referentes aos dados existentes e do perfil de risco benefício. A segunda dose deverá ser administrada no intervalo previamente aprazado. Caso, no momento de receber a segunda dose, já tenha transcorrido 45 dias após o parto, o esquema deverá ser completado com vacina AstraZeneca/Fiocruz. 

Aquelas que iniciaram o ciclo da vacina com Sinovac/Butantan ou Pfizer/Comirnaty devem concluir o esquema conforme intervalos definidos pelo PNI para estas vacinas.
Gestantes e puérperas com ou sem comorbidades que ainda não iniciaram esquema deverão utilizar apenas as vacinas dos laboratórios Sinovac/Butantan ou Pfizer/Comirnaty. 

Já as lactantes que iniciaram o ciclo (mulheres que fizeram vacina por pertencerem a outros grupos prioritários) com vacina AstraZeneca/Fiocruz, devem completar a segunda dose com a vacina AstraZeneca/Fiocruz, conforme intervalo definido pelo PNI para esta vacina. Mesmo caso para lactantes que iniciaram o ciclo com vacina Sinovac/Butantan ou Pfizer/Wyeth, que nestes casos também devem concluir o esquema conforme intervalos definidos pelo PNI para estas vacinas. 

Lactantes que ainda não entraram no ciclo da vacinação devem iniciaram o esquema com vacina Sinovac/Butanta hjn ou Pfizer/Wyeth e concluir a segunda dose do mesmo laboratório conforme intervalos definidos pelo PNI para estas vacinas.

O município recomenda que quem já possui vacina agendada, permaneça com a data e horário. Portanto, quem passou o prazo, pode entrar em contato pelo 156, opção 2 ou então pela Central de Vacinação para orientação de retorno.

postada em 24/07/2021 16:54 – 2 visualizações

Comente com o Facebook