Marilda Rios, “na educação, fui feliz, e sabia. Tenho orgulho de ter me dedicado tanto tempo ao ensino”


Ela nasceu em 12 de julho de 1946 em Biguaçu, na Grande Florianópolis,  fruto da união de Olívia de Andrade e José Lourenço.

Engajada politicamente, lutou contra a ditadura no país.

É mãe de Henrique e Alexandre. Avó de Marina e Guilherme.

Marilda Terezinha Rios Martins foi admitida na rede municipal de ensino da Capital  em 10 de fevereiro de 1978 como orientadora educacional.

Aos 75 anos, despediu-se do serviço público. Mas, não vai parar não. Pretende cursar no ensino superior Direito. “Não sei ficar sem fazer nada. Quero sempre aprender mais e ajudar as pessoas”.

Marilda enfatiza que muito dos seus melhores dias de vida passou na área da educação. “Fui feliz, e sabia. Tenho orgulho de ter me dedicado, por tanto tempo, ao ensino”.

Como servidora, trabalhou na Escola Básica Municipal João Gonçalves Pinheiro. Tem no currículo ainda passagem, como substituta, na Escola Básica Municipal Batista Pereira. Igualmente trabalhou no Colégio Catarinense, particular, e na Escola Estadual  Governador  Ivo Silveira, no município de Palhoça.

No ano de 1982 veio para o órgão central da Secretaria de Educação.

“Tem gente que infelizmente passa na vida das organizações e não deixam parte da sua vida na organização. Marilda deixa um legado extraordinário na Educação de Florianópolis, na prefeitura, na Secretaria de Educação”, manifesta-se  o professor Maurício Fernandes Pereira, titular da pasta da Educação na Capital .

“Seu trabalho, sua dedicação, seu empenho, sua luta, sua coragem, sua experiência formou uma geração inteira de servidores compromissados com o bem fazer, com o bem público, com a educação de qualidade. Com certeza Marilda deixou um legado para a cidade de Florianópolis, com tantos anos que se dedicou a causa da educação. Marilda você é fera, um beijo no coração”.

galeria de imagens


Comente com o Facebook