Feira da Agricultura Familiar recebe até nesta quinta-feira os pedidos por delivery


Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News

Como ocorre toda semana, os produtos da Feira da Agricultura Familiar podem ser encomendados até as 21h desta quinta (21). As entregas são realizadas nas sextas, das 16h às 20h, e nos sábados, das 8h ao meio dia. Para conferir o catálogo e preços basta acessar o link https://agriculturafamiliarcriciuma.kyte.site. Dentre as mercadorias disponíveis estão embutidos, grãos, derivados de milho, doces, bolos, biscoitos, frutas e verduras.

O gerente de Agricultura e Agronegócio de Criciúma, Vanderlei Zilli, explica que, mesmo com a volta bem-sucedida da feira, no último dia 8, o sistema de delivery continua ativo. “Em princípio, a feira presencial será realizada uma vez ao mês, ainda com as entregas acontecendo em paralelo, já que elas geram uma renda extra aos agricultores”. Segundo a engenheira agrônoma do setor, Fabiane Barbosa Lopes, o faturamento total no mês é por volta de R$6000, com 80 vendas, em média.

O retorno da feira livre ocorreu em frente ao Paço Municipal Marcos Rovaris, após um ano sem o evento presencial. Na ocasião, dez feirantes se reuniram para ofertar mercadorias da agricultura local. Vendedores e consumidores foram prestigiados com a apresentação da Orquestra de Metais do Bairro da Juventude, e a estimativa de arrecadação do comércio foi de R$5000. Houve ainda o sorteio de uma cesta de produtos e de um kit de churrasco. A próxima feira está prevista para a segunda quinta-feira de agosto, dia 12.

O preço mínimo para pedidos é de R$30, e compras acima de R$50 estão isentas da taxa de entrega, no valor de R$7. A encomenda pode ser feita pelo WhatsApp, através do número (48) 9 9161-7416, ou ainda entrando em contato com o Instagram oficial: @agricultura.familiar.criciuma. O pagamento é no momento da entrega, em dinheiro, cartão de débito ou pix. A feira é uma iniciativa da Gerência de Agricultura e Agronegócio, em parceria com a Epagri (Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de SC), e com agricultores da região.

Comente com o Facebook