Nilso Berlanda destaca projetos e ações em favor do comércio


No programa “Fala, Deputado(a)”, da TVAL, a TV da Assembleia Legislativa, veiculado nesta quinta-feira (15), o deputado Nilso Berlanda (PL), empresário do comércio varejista, destacou que tem defendido no Parlamento catarinense a importância de manter o setor aberto durante a pandemia da Covid-19, como forma de evitar os efeitos econômicos.

O deputado lembrou que o seguimento foi um dos que mais sofreu com a pandemia. “Logo no início da pandemia, em março do ano passado, foram 26 dias de lojas fechadas e a maior parte destes estabelecimentos comerciais pagam aluguéis, impostos e, sem faturar, não tem como pagar o salário do colaborador, os impostos.”

O programa pode ser acompanhado pelas redes sociais da Assembleia (Facebook, YouTube e Instagram); pela Rádio AL, onde ficará disponível no perfil do Spotify da emissora; e na Agência AL. Acompanhe a íntegra da entrevista no vídeo abaixo e nas redes sociais da Assembleia Legislativa.

Berlanda disse ainda que apresentou indicação ao governo estadual para estender o horário de funcionamento do comércio, que em muitas cidades devido à pandemia diminuiu o período de atendimento. “Como sempre venho defendendo, saúde e economia devem andar juntas para o bem da população.”

Também enfatizou a indicação que solicita que sejam disponibilizadas linhas de crédito facilitadas às empresas do comércio de bens, serviços, bares e restaurantes, assim como isenção ou parcelamento, sem juros e com carência, para o pagamento de ICMS, Simples Nacional e IPVA de veículos dessas empresas, bem como as contas de água e luz desses setores.

Uma das principais bandeiras do parlamentar, a implantação da Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica (NFC-e), também foi destaque no programa. Essa era uma reivindicação antiga do deputado à Secretaria da Fazenda, já que o Estado era um dos únicos no Brasil que ainda não havia implantado o processo. A medida foi anunciada em maio pelo Executivo.

“Essa sempre foi uma das nossas bandeiras como parlamentar e significa avanço e incentivo tanto para o empresário, quanto para o consumidor. A NFC-e traz muitas pessoas à formalidade e vai reduzir a sonegação e os gastos dos comerciantes, facilitando a vida de quem gera emprego e renda no Estado e oportunizando melhores condições de compra ao consumidor.”

Outra ação desenvolvida pelo deputado Berlanda foi a campanha em suas mídias sociais com o objetivo de valorizar o comércio e a indústria. Ao todo são oito peças publicitárias desenvolvidas para estimular as compras no comércio local e de produtos da indústria de Santa Catarina, que vão ser postadas duas vezes por semana.

Comente com o Facebook