Fabiano confirma recursos para usinas de asfalto em Ipuaçu e Itá

Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News


O deputado Fabiano da Luz (PT) articulou reunião entre lideranças da Casa Civil e da região Oeste catarinense, nesta terça-feira (06), no Centro Administrativo, em Florianópolis, para tratar sobre a implantação de usinas de asfalto em Ipuaçu e Itá. Na oportunidade, foi acordado o repasse dos recursos necessários do Estado aos consórcios intermunicipais responsáveis pela gestão dos serviços de infraestrutura rodoviária. O objetivo é garantir mais qualidade na manutenção das vias públicas de toda a região.

“Essa iniciativa segue o modelo de Pinhalzinho, primeiro município catarinense a executar essa modalidade. Implantamos a primeira usina de asfalto através de consórcio durante a nossa gestão como prefeito da cidade”, destacou o deputado Fabiano, coordenador da Bancada do Oeste.

Na reunião, o chefe da Casa Civil, Eron Giordani, afirmou que os consórcios receberão as verbas do governo estadual, devendo respeitar as exigências legais e burocráticas do Executivo para liberação dos recursos. Ao todo, o Estado prevê o investimento de R$ 120 milhões na construção de usinas de asfalto em Santa Catarina.

“O que nós queremos é que as usinas funcionem. A ideia do estado é fazer o aporte para equipar na íntegra e rodar a primeira produção das usinas. Depois, os consórcios vão fazer o próprio giro”, acrescentou Giordani. A contrapartida dos municípios será a disponibilização de terreno para a construção da usina.

Segundo a presidente da Associação dos Municípios do Alto Uruguai Catarinense (AMAUC), Leani Kapp Schmitt, o consórcio já está constituído – incluindo Xavantina, Arabutã, Ipumirim, Itá, Lindóia do Sul – e a sede da usina será instalada em Itá.

Já a usina de Ipuaçu será administrada pelo Consórcio de Desenvolvimento da Infraestrutura Rodoviária Entre os Rios, que tem hoje a prefeita de Ipuaçu, Clori Peroza (PT), como coordenadora. Inicialmente, oito cidades integram a parceria: Abelardo Luz, Ouro Verde, Bom Jesus, Lageado Grande, Marema, Ipuaçu, Entre Rios e São Domingos.

Ponte
Na reunião, lideranças reafirmaram a urgência para a construção de uma ponte de concreto ligando as cidades de Entre Rios a Marema. No local, trafegam ônibus que levam trabalhadores a Xaxim e Chapecó, onde estão empregados em frigoríficos e agroindústria. Também passam pela ponte de madeira caminhões que transportam ração, aves, suínos e leite.

Nos próximos dias, a prefeitura deve decretar que somente será permitido o tráfego de veículos de até 5 toneladas, o que, segundo lideranças locais, vai impedir a passagem de cargas pesadas no local.

Também participaram da reunião o presidente da Alesc, o deputado Mauro de Nadal, o deputado Neodi Saretta, entre outras autoridades.

Assessoria Parlamentar de Comunicação
Telefone/WhatsApp: (48) 99944-0190
www.fabianodaluz.com.br

Comente com o Facebook