Tenistas da FME/Mampituba/CBC se destacam em sete categorias em campeonato regional


Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News

A equipe de tênis da Fundação Municipal de Esportes (FME) de Criciúma/Mampituba/Comitê Brasileiro de Clubes participou no último fim de semana do 3º Regional de Tênis. O torneio foi disputado em Criciúma, nas quadras da Top Tênis. Os atletas saíram com seis 1ºs lugares e quatro vices no campeonato promovido pela Federação Catarinense de Tênis (FCT).

“As competições em todas as modalidades e esportes estão voltando aos poucos. A fundação tem mostrado, junto das parcerias firmadas, que durante todo esse tempo mantivemos o suporte aos atletas locais”, afirmou o presidente da FME, Neto Uggioni.

“Esses resultados são uma ratificação de um longo trabalho que vem se consolidando”, afirmou o técnico do grupo, Rodrigo Canuto. Com início na sexta-feira e término no domingo, a competição teve categorias divididas por classes de nível técnico e idade. Confira os resultados abaixo:

12 anos Feminino:
Giovanna Ventura Aude – Campeã.
Lara Tiscoski Marinho – Vice-Campeã.

12 anos Masculino:
Arthur Coelho – Vice-Campeão.

2ª Classe Feminino até 34 anos:
Ana Flávia Daros Espíndola – Campeã.

3ª Classe Feminino até 34 anos:
Laura Pedrotti – Campeã.

4ª Classe Masculino até 34 anos:
Leonardo Belato – Campeão.

5ª Classe Masculino até 34 anos:
Luiz Semensati – Campeão.
Daniel Saccon Novak – Vice-Campeão.

Principiante Masculino até 34 anos:
Antônio Hoor – Campeão.
Lucas Binotti – Vice-Campeão.

Amistosos do Handebol Feminino

Também no fim de semana a equipe de handebol da FME Criciúma/Associação Criciumense de Handebol Feminino (ACRIHF) disputou dois amistosos com o time de Lages. Os jogos ocorreram no domingo (4), no Ginásio Municipal Irmão Walmir Antônio Orsi. Na ocasião, as jogadoras da fundação local venceram ambos os confrontos com placares de 30×16 e 31×23, respectivamente.

Os treinadores do grupo Luís Carlos e Lucas Custódio avaliaram positivamente o desempenho nas partidas. “Os amistosos serviram para observar a evolução das atletas durante o período de treinamento desse primeiro semestre. Conseguimos fazer algumas mudanças de ordem organizacional para melhorar o rendimento”, afirmou Luís. “Sabemos que as atletas podem evoluir ainda mais, acreditamos muito no potencial delas de atingir os objetivos traçados para as competições estaduais e nacionais no ano”, complementou Lucas.

Comente com o Facebook