Ponte da Rua Adaci Santos Gomes no Rio das Ostras está liberada parcialmente para passagem


Já está liberada a passagem parcial em uma das pontes incluídas na obra do Rio das Ostras, localizada na Rua Adaci Santos Gomes, próxima à Rua Donaciano Santos, no Bairro da Barra. O local teve liberada a pista de rolagem para o trânsito de veículos e um dos lados da calçada para pedestres. Porém, é importante ressaltar que o trabalho no local ainda não terminou, com a continuação dos acabamentos e a pavimentação asfáltica, prevista para ocorrer durante esta semana, tempo necessário para compactar o aterro.

Essa etapa da obra em uma das pontes, compreendeu a demolição da antiga ponte e execução de galerias celulares em substituição à ponte então existente para aumentar a capacidade de vazão da água do rio no local, e evitar os alagamentos que ocorriam quando chovia muito. Nos próximos 15 dias, deve iniciar a execução na outra ponte, próximo às ruas Pedro Pinto Felipe e Maria Mansoto, também na Barra.

“A cada dia avançamos mais nesta importante obra que atende uma reivindicação antiga e justa da comunidade da Barra, São Judas e Nova Esperança, para que não sofram mais com os alagamentos em períodos de forte chuva, além de revitalizar mais este curso d’água de nossa cidade”, pontua o prefeito de Balneário Camboriú, Fabrício Oliveira.

Durante esta semana, os serviços também seguem, no trecho 05 (divisa terreno Rua Maria Mansoto) com marcação topográfica e instalação de gabião tipo colchão reno – contenção no fundo do rio; no trecho 06 (Rua Maria Mansoto/ Adaci Santos Gomes) com escavação e retificação do leito do rio, marcação topográfica e instalação de gabião caixa – contenção nas margens; e acabamentos na ponte da Rua Adaci Santos Gomes.

Sobre a obra

A obra contratada por meio da Empresa Municipal de Água e Saneamento (Emasa) é uma reivindicação antiga da comunidade que pretende resolver os alagamentos decorrentes das chuvas nos bairros da Barra, São Judas e Nova Esperança. Além da limpeza das margens, contempla dragagem e readequação da calha do rio para a vazão real da bacia hidrográfica e ainda, muretas de contenções em alguns trechos. A contratação foi por meio de licitação na modalidade Concorrência por menor preço global. A vencedora foi a empresa Penascal Engenharia e Construção Eireli, no valor de R$ 4.212.360,84. O prazo de execução previsto são três meses, podendo ser prorrogado devido os contratempos da obra.


EMASA
(47) 3261-0000

Diretoria de Comunicação
Jornalista Renata Furlanetto
Foto: Camila Werner e Renata Furlanetto

www.instagram.com/prefeituradebc 

FOTOS

Comente com o Facebook