Blumenau promove capacitação da rede de atenção às pessoas em situação de violência


A Prefeitura de Blumenau, por meio do Comitê da Rede de Atenção às Pessoas em Situação de Violência de Blumenau, promove de 15 de julho a 24 de novembro, uma formação continuada para os trabalhadores que compõem a Rede de Atenção Integral às Pessoas em Situação de Violência Sexual, Doméstica, Familiar ou Institucional, no município. A ação será desenvolvida por meio de oficinas que acontecerão em formato on-line. Serão capacitados 100 profissionais, por território, que fazem atendimento às vítimas de violências e suas famílias.

Para atender os 35 bairros e dois distritos da cidade, as reuniões serão dividias em quatro regiões: Região Norte (Vila Itoupava, Itoupava Central, Itoupavazinha, Fidelis, Salto do Norte, Itoupava Norte e Fortaleza); Região Sul (Garcia, Glória, Progresso, Valparaíso, Vila Formosa, Ribeirão Fresco, Jardim Blumenau, Bom Retiro e Centro); Região Oeste (Velha, Velha Grande, Velha Central, Passo Manso, Água Verde, Salto Weissbach, Badenfurt, Testo Salto, Salto, Escola Agrícola e Vila Nova); Região Leste (Fortaleza Alta, Tribess, Nova Esperança, Vorstadt, Ponta Aguda, Itoupava Seca, Victor Konder e Boa Vista).

Os temas serão relacionados a situações de violência que podem chegar até a rede por meio dos profissionais capacitados que atuam em unidades de ensino, saúde, assistência social, dentre outras instituições.

Nos encontros serão discutidos fluxos de atendimento, construção de estratégias para atendimento integral, planos de intervenção intersetorial, formas de comunicação entre os equipamentos locais. Ao final da formação, a Secretaria de Desenvolvimento Social (Semudes) vai emitir certificados de 12 horas aos participantes que obtiverem 100% de frequência.

Entidades que integram o Comitê
O Comitê da Rede de Atenção às Pessoas em Situação de Violência de Blumenau é composto por representantes do Ministério Público de Santa Catarina; Prefeitura de Blumenau; Polícia Civil; Polícia Militar; Corpo de Bombeiros Militar; Instituto Geral de Perícias; Conselho Tutelar; SAMU; Hospital Santo Antônio; Hospital Santa Isabel; Hospital Santa Catarina; Hospital Misericórdia da Vila Itoupava, dentre outras entidades.

Ao longo dos anos, representantes intersetoriais elaboraram um documento interno para padronizar o atendimento em Rede. Este suporte foi viabilizado após inúmeras reuniões e a instituição de um Comitê de Monitoramento da Rede Intersetorial, que possibilita a conexão entre os diversos setores da sociedade.  As reuniões do Comitê ocorrem regularmente com objetivo de monitorar os fluxos e normativas buscando a qualificação do trabalho ofertado à população.

Serviço para pessoas em situação de violência sexual
Há quase 20 anos o Serviço de Atenção Integral às Pessoas em Situação de Violência Sexual (SAVS) é oferecido pela Semus em Blumenau. A equipe recebe tanto as urgências como os casos referenciados por outros serviços da Rede Intersetorial. 

Atendimento do SAVS
No Serviço de Atenção Integral às Pessoas em Situação de Violência Sexual (SAVS), pessoas vítimas de violência sexual recebem acompanhamento na área da saúde. O acompanhamento de homens, mulheres, crianças e adolescentes é feito por uma equipe multiprofissional que inclui médicos, enfermeiras, técnica de enfermagem, psicólogas e assistente social. O serviço está disponível no Centro de Saúde Rosânia Machado Pereira, de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h e também pelo telefone 3381-7684 ou (47) 9.9628-2019.

postada em 05/07/2021 17:00 – 23 visualizações

Comente com o Facebook