Alesc sedia exposição virtual Quarentine de Sérgio Canfield


A Galeria Virtual da Assembleia Legislativa, que pode ser acessada pelo site www.alesc.sc.gov.br, apresenta a partir desta segunda-feira (5) a exposição Quarentine, do médico Sérgio Canfield, de Jaraguá do Sul, com curadoria de Inácio Carreira. 

De acordo com o escritor Inácio Carreira, curador da exposição, as doze obras, de Sérgio Canfield, buscam expressar bem mais que doze moléstias. “Pensadas. Elaboradas. Sofridas”. O Código Internacional de Doenças (CDI) cataloga todas as mazelas (conhecidas até o momento) que afligem o ser humano, complementa. O artista vale-se da quarentena para interiorizar, questionar, expor parte desses estigmas, buscando relacionar as imagens com os sentimentos de perda causados por diagnósticos com maus prognósticos.

A partir do estruturalismo de Ferdinand de Saussure, que influenciou os trabalhos de Claude Lévi-Strauss, Roland Barthes, Jean Baudrillard e Jacques Lacan, o artista apropria-se, na linguística, do método da repetibilidade (no seu caso, das formas plásticas), exprimindo e expondo o inconsciente. “Faz aflorar os sentimentos de medo, desespero, dúvida, finitude, estupor, estupefação.”

O conteúdo da obra é inspirado pela quarentena, que remete a cultura a períodos da história em que o ser deparou-se com diferentes pandemias. A forma vem sendo trabalhada desde a exposição Apofenia, de 2008, numa pintura nervosa, expressionista, onde o que vale é a sensação, no presente caso, de exasperação.

Comente com o Facebook