Paulinha defende retorno do atendimento presencial do Poder Judiciário


A deputada Paulinha (sem partido) pediu sensibilidade aos dirigentes do Tribunal de Justiça e do Ministério Público para que retomem o atendimento presencial no Estado. 

“Um advogado me contou que um dos seus clientes foi condenado à revelia porque não conseguiu a devida conexão no momento da sua defesa. No caso de inacessibilidade tecnológica, a Justiça e o MPSC têm de encontrar meios de fazer o atendimento presencial, em especial para quem tem dificuldade financeira”, propôs Paulinha.

Para ela, com o arrefecimento da pandemia da Covid-19, o Sistema Judiciário tem que pensar no retorno às atividades presenciais em Santa Catarina.

“Pois muitos catarinenses não têm acesso a uma rede de internet, a um aparelho telefônico, tornando muito difícil a busca de seus direitos, até mesmo a realização de uma simples denúncia. Estas pessoas precisam de uma porta aberta, é importante para a democracia que o Tribunal de Justiça e o Ministério Público busquem retomar o atendimento presencial, com evidentemente as regras de segurança exigidas. Mas nós não podemos virar as costas para os mais humildes. A Justiça precisa chegar até eles”. 
 

Valquiria Guimarães
Assessoria de Comunicação
Deputada Paulinha
048 991047676

Comente com o Facebook