Século que assinalou conquistas admiráveis à criatura humana

CONQUISTAS ADMIRÁVEIS

Num século que assinalou tantas conquistas admiráveis à criatura humana, inúmeros pais de famílias se viram projetados em uma sociedade dita liberal, onde a emancipação de filhos se tornou cada dia mais precoce.
O modelo de família vigente na virada do século XIX para o século XX, essencialmente patriarcal, foi paulatinamente alterado pelos avanços da sociedade, conquistas políticas e empoderamento feminino crescente, ocorrendo que em meados do século findo o surgimento da pílula anticoncepcional e os movimentos libertários femininos impuseram novos padrões de organização familiar.
O domínio masculino é revisto. A mulher conquista importantes papéis na sociedade. A tecnologia suprime distâncias e aproxima povos. Os novos conceitos de educação familiar exigem menos “não” e mais “sim” aos filhos, ansiosos por liberdade, rock and roll e sexo sem compromisso procriativo.
Em algumas décadas agitadas, as sociedades europeias e americanas, notadamente, foram sacudidas por radicais mudanças de conceitos e adoção de novos costumes e padrões de comportamento social.
Muitos chefes de família foram pegos desprevenidos. Outros, aderiram ao movimento vanguardista. Ao longo do tempo, cada um viu o resultado de suas escolhas.
Em tempos de supremacia das redes sociais, onde a vida parece inserida numa tela colorida de smartphone e os formadores de opinião não são mais os pais e sim os astros da mídia devoradora, observa-se grande inquietação por parte de educadores e responsáveis ante o futuro que aguarda a geração cibernética e tecnológica.
Milhares de jovens inseridos na chamada geração “nem nem”: nem estudam, nem trabalham.
Não estudam por que lhes falta oportunidade de serem inseridos no meio escolar e mais adiante, acadêmico.
Fora do mercado de trabalho, batalham pela própria sobrevivência e assistem, impotentes alguns e manipulados outros, a ascensão de figuras nocivas da vida pública, fazendo muitos acreditarem que a ética está extinta e a dignidade é valor ultrapassado.
Pais muito jovens, ainda não amadurecidos para os embates do cotidiano, não sabem como orientar a nova geração para os desafios do mundo ultra veloz. Avós, na retaguarda, não se sentem autorizados a opinar sobre os rumos da nova safra de adolescentes e moços, sedentos de prazer e ostentação.
Grave crise se desenha no seio das famílias. Estudiosos diversos são chamados a opinar, quase sempre fundamentando suas teses sobre o arcabouço materialista, onde fatores mesológicos e culturais são vistos como preponderantes para fermento das novas revoluções sociológicas e comportamentais.
São teses respeitáveis, afirmamos nós, mas enquanto a pluralidade das existências não for devidamente considerada, teremos enorme dificuldade para compreender as mutações familiares e sociais tão fulminantes dos tempos modernos.
Espíritos milenares, arrastamos de outras experiências evolutivas o acervo cultural e psicológico que nos caracteriza, ora sofrendo o impacto das grandes mudanças que tornaram essa sociedade “líquida”, no dizer do respeitável sociólogo Zygmunt Bauman.
Ausência de limites a Espíritos agitados e subversivos instalaram o caos nas relações familiares.
Pais imaturos deixaram o barco da frágil família à deriva.
Ausência de políticas públicas dignas esmagaram sonhos e impediram o voo da geração sonhadora.
Muita instrução, escassa educação entre quatro paredes. Diálogos excessivamente virtuais e quase nenhum frente a frente.
Almas atormentadas do ontem, clamando por orientação ética e entendimento de suas buscas existenciais.
Religiões em soçobro teológico e religiosos aturdidos, sem base lúcida para entender uma massa de Espíritos reencarnados em corpos admiráveis na estética, desprovidos de princípios morais.
Inegavelmente, serão nas dúlcidas lições do Evangelho que vamos buscar a fonte que possa nos arrancar da sede de compreensão. Retomar as lições de Jesus para medicar o conflito instalado nas famílias, que nada mais é do que o reflexo dos indivíduos atormentados.
Resgatar a simplicidade perdida no excesso de tecnologia e na falta de diálogo.
Reaproximar corações de pais e filhos na teia da consaguinidade, muitos dos quais adversários do ontem, tentando ajustes de amorosidade na presente oportunidade palingenésica.
Utilização da pedagogia do afeto para resgatar os valores superiores da constelação familiar.
Extinção da culpa e assunção da responsabilidade, atestando maturidade psicológica e emocional nos relacionamentos afetivos.
Se te vejas sitiado por tantas inquietações no trato das questões de família, ora, e o alto não te deixará sem inspiração, buscando na transpiração diária a formação de um ninho familiar que seja teu céu na face da Terra em transe.
O Supremo Pai te confia os próprios filhos para que os eduque nas bases do amor e do sacrifício, das renúncias e das pequenas alegrias, a se converterem na forja do tempo em demorados júbilos, vencidas as lutas propostas e cumprida a tarefa que as leis da vida te ofertaram.
Somente aí poderás afirmar que não viveste em vão.
Marta
Psicografia de Marcel Cadidé Mariano
Centro Espírita Caminho da Redenção
Mansão do Caminho
Instituição fundada por Divaldo Franco e Nilson a mais de 75 anos
Marcel também é trabalhador da Federação Espírita da Bahia a mais de 37 anos
09.06.2021

Leia ainda: Em pauta a retomada de eventos no Estado de Santa Catarina

Em pauta na retomada de eventos no Estado de Santa Catarina
turismoonline.net.br – O portal do turismo, hotelaria, gastronomia, cultura, destinos e viagens – Anuncie aqui: [email protected]

Siga este jornalista e fotógrafo no Instagran: @jeff_severino

No Youtube também!
Fotos: Divulgação / Jefferson Severino / Assessorias de Imprensa / Arquivos Pessoais
Fontes: Assessorias de Imprensa

Leia ainda:

Em pauta a retomada de eventos no Estado de Santa Catarina

Pinhão, frio e comida campeira, maravilhas do turismo na Serra Catarinense

Em meio a tantas restrições trade de turismo busca sobrevivência

Seu empreendimento, cidade, destino… estão prontos para turismo pós pandemia?

Brasileiros viajam para tirar um tempo, descansar a mente e conhecer o destino

As cores do inverno dão o tom no outono da Serra Catarinense

O post Século que assinalou conquistas admiráveis à criatura humana apareceu primeiro em Turismo On-Line.

Comente com o Facebook