Técnico do tênis de mesa Mampituba/FME Criciúma é convocado pela Seleção Brasileira


Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News

A preparação da Seleção Brasileira Paralímpica de Tênis de Mesa segue a todo vapor para os Jogos Paralímpicos de Tóquio 2021 e o técnico da equipe de tênis de mesa da S.R. Mampituba/FME Criciúma, Alexandre Medeiros Ghizi, foi convocado para o segundo período intensivo da temporada 2021. Ele está no Centro de Treinamento (CT) Paralímpico Brasileiro, em São Paulo (SP), onde permanece até sexta-feira, dia 28.

Além de Ghizi, outros 11 profissionais integram a equipe de treinamento, entre sparrings, treinadores, preparador físico e staff (equipe de apoio). Já em relação aos atletas, 13 mesa-tenistas também participam da preparação, sendo seis na equipe feminina e sete na masculina.

Com convocados, postulantes e atletas de alto nível, o objetivo é reproduzir situações de jogo de olho nos Jogos de Tóquio. O segredo será a diversidade de características, o que dará aos mesa-tenistas maiores possibilidades de variação durante as partidas. Eles passam por dois períodos diários de treinos intensivos.

“Seriam cinco encontros, dois foram cancelados devido às restrições da pandemia, mas estamos com o cronograma de treinamentos dentro do previsto, devemos ter mais um e depois teremos a equipe definida, pois ainda falta definir algumas vagas para atletas. É sempre uma alegria ser convocado e é muito bom poder levar experiência e informações para os atletas da nossa equipe Mampituba/FME Criciúma. O objetivo é que, na próxima, algum dos nossos atletas seja convocado”, comenta Ghizi.

A modalidade de tênis de mesa do Mampituba – atletas e comissão técnica – é integrante do projeto de formação de atletas que o clube mantém por meio de convênio, através de editais, com o Comitê Brasileiro de Clubes (CBC) e conta com o apoio da Fundação Municipal de Esportes (FME) de Criciúma.

Com informações da Assessoria de Imprensa da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa (CBTM).

Comente com o Facebook