Covid-19: estado do Rio bate novo recorde por fila de leitos

Pelo sexto dia consecutivo o estado do Rio de Janeiro registrou recorde na fila de espera por leitos de covid-19. O último dado da Secretaria estadual de Saúde indicou que há 710 pessoas aguardando uma vaga. Na véspera eram 678 pacientes e há dez dias, em 18 de março, 278. O pico da fila foi registrado no dia 9 de maio do ano passado, quando 510 pessoas estavam na fila.Notícias de Balneário Camboriú - SC HOJE NewsNotícias de Balneário Camboriú - SC HOJE News

Para os leitos de enfermaria, 279 pacientes aguardam uma vaga, enquanto ontem eram 255. Há dez dias 113 pessoas estavam nesta condição. A maior quantidade de pessoas na fila por um leito de enfermaria da doença atingiu 819, no dia 7 de maio do ano passado.

No estado, 11 municípios (Belford Roxo, Bom Jesus do Itabapoana, Itaguaí, Itaperuna, Miguel Pereira, Nova Friburgo, Paraíba do Sul, Rio Bonito, Sapucaia, Teresópolis e Três Rios) estão com 100% de ocupação dos leitos de UTI. Outros cinco (Iguaba Grande, Miracema, Quissamã, Rio das Ostras e Saquarema) estão com mais de 100% de leitos ocupados. Na capital o índice  atinge  95%.

Vacinação

O governador em exercício do Rio de Janeiro, Cláudio Castro, prometeu anunciar hoje (29) um calendário unificado de vacinação para todos os municípios do estado. Na capital, a Secretaria Municipal de Saúde reforçou o atendimento nos postos de imunização e partir de hoje, os locais de drive-thru no Sambódromo, na região central do Rio e no Engenhão, no Engenho de Dentro, zona norte, que já vinham funcionando aos sábados, passarão a receber a população também de segunda a sexta-feira, das 9h às 15h, como já acontece no Parque Olímpico, na Barra, zona oeste.

Além desses postos, o drive-thru da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, no Maracanã, zona norte, funciona nesta semana até a quinta-feira (1º) aplicando a segunda dose para quem tomou a primeira no local.

Hoje também a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) inaugurou um novo posto de vacinação no Hotel Fairmont Copacabana, na zona sul. Nesta segunda estão sendo vacinadas pessoas com 71 anos, mulheres entre 8h e 13h e os homens das 13h às 17h. O novo ponto de vacinação funcionará de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. “Atualmente, a Secretaria Municipal de Saúde tem 250 pontos de vacinação na cidade e nessa semana está ganhando três novos pontos. A parceria com o Hotel Fairmont, ontem no Jóquei Clube e amanhã no Palácio da Justiça em uma parceria com o Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro”, informou.

O secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz, disse que a vacinação atingiu 10% da população carioca e que nessa semana conforme o calendário todas as pessoas com mais de 70 anos na cidade do Rio de Janeiro vão receber o imunizante. “A meta no início deste mês de abril é que a gente consiga vacinar todas as pessoas com mais de 60 anos”, explicou.

Quem se dirigir aos postos para receber a vacina deve levar documento de identidade, número do CPF e, se possível, a caderneta de vacinação. Para a segunda dose, levar também o comprovante de vacinação da primeira dose.

Conforme os dados atualizados pela SMS hoje até as 13h45, na cidade do Rio, 641.269 pessoas receberam a primeira dose, o que corresponde a 9,5% da população do município. Já na segunda dose foram imunizadas 216.066. O total atingiu 857.335 pessoas imunizadas entre primeira e segunda dose.

Segundo as últimas informações atualizadas ontem, o município do Rio tem 223.716 casos confirmados de covid-19, o dado anterior era de 222.709. Do total, 20.109 pessoas perderam a vida, sendo que o número anterior era de 20.092. Os casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave chegaram a 46.346, na véspera eram 46.296.

Comente com o Facebook