Agência ALESC | Sergio Motta eleito presidente da Comissão de Defesa dos Direitos do Idoso

A Comissão de Defesa dos Direitos do Idoso elegeu, nesta quarta-feira (17), o deputado Sergio Motta (Republicanos) como presidente para os próximos dois anos, com o deputado Fabiano da Luz (PT) de vice. Durante a reunião, foram anunciadas as primeiras ações que serão oficializadas nos próximos encontros, como a recriação do Fórum Parlamentar em Defesa da Pessoa Idosa, defendido pela deputada Dirce Heiderscheidt (MDB), e o acompanhamento do Fundo do Idoso.

Sergio Motta agradeceu o apoio e destacou a parceria dos membros do colegiado em prol dos idosos em Santa Catarina. “Juntos vamos trabalhar por aqueles que se dedicaram pelo nosso estado, país e agora precisam de nosso apoio. Vamos trabalhar pelo fortalecimento do Estatuto do Idoso, ainda mais neste período de pandemia, quando há muitas notícias de idosos com depressão.”

O deputado Fabiano da Luz solicitou o acompanhamento da emenda do deputado Romildo Titon (MDB), aprovada pela Assembleia Legislativa, de um dos projetos que tratou da questão dos incentivos fiscais em Santa Catarina. A redação prevê que toda empresa beneficiada com os incentivos terá que contribuir, obrigatoriamente, ao Fundo da Infância e da Adolescência (FIA) e ao Fundo do Idoso, do Estado ou de municípios catarinenses.

A deputada Dirce lembrou que foi a idealizadora do Fórum Parlamentar em Defesa da Pessoa Idosa, em 2011, e que a comissão deveria recriar a iniciativa como forma de promover um amplo debate sobre a situação da pessoa idosa em Santa Catarina. “Sou assistente social e temos que trabalhar em prol dos idosos para melhorar a qualidade de vida deles.”

Nazareno Martins (PSB) enalteceu a eleição de Sergio Motta e de Fabiano da Luz, respectivamente, e pediu que a comissão trabalhe pela ampla vacinação dos idosos. “Essa comissão é importantíssima para a valorização daqueles que deram a vida pelo nosso estado.”

Já o deputado Jair Miotto (PSC) disse que estava estreando na comissão e que a ideia é trabalhar para valorizar “os nossos heróis” que deram sua vida pelo engrandecimento de Santa Catarina. O deputado Felipe Estevão (PSL) também enalteceu o trabalho da comissão e parabenizou os eleitos, lembrando que decidiu ingressar neste colegiado depois de acompanhar um ex-professor seu, que depois de idoso foi abandonado em uma casa clandestina em Tubarão.

O deputado Romildo Titon (MDB) parabenizou os eleitos e destacou o trabalho que a comissão pode realizar em prol das pessoas da terceira idade.

Comente com o Facebook