Programa de Combate à Dengue reforça ações no mês de janeiro

Neste início de ano, Balneário Camboriú registra 44 focos do mosquito Aedes Aegypti, porém, até o momento, não foi registrado nenhum caso de Dengue, Zika e Chikungunya no município.

Com o objetivo de eliminar os depósitos com água e orientar a população, os agentes de combate às endemias seguem com as vistorias nos imóveis e terrenos dos bairros Centro, Estados e Pioneiros. De acordo com a diretora da Vigilância Ambiental, Eliane Guedes, com o calor intenso, juntamente com as chuvas fortes, a população deve redobrar os cuidados.

CONTINUA APÓS A PROPAGANDA

A equipe atende denúncias realizadas à Ouvidoria Municipal, pelos telefones (47) 3267-7024, 0800 644 3388, ou Whatsapp (47) 99982-1979.

Dicas para eliminar os criadouros do mosquito

– Tampar tonéis e caixa da água;

– Preencher com areia os pratos de suporte das plantas;

– Piscinas devem ser mantidas limpas o ano todo;

– Telar os ralos;

– Manter as calhas sempre limpas;

– Recolher e acondicionar o lixo em local coberto;

– Higienizar os potes de água para animais;

– Cisternas e reservatórios devem ser mantidos fechados;

– Não manter água acumulada.

Dados de 2020

O Programa de Combate à Dengue encerrou o ano de 2020 com 1.315 focos do mosquito Aedes Aegypti. No total, foram um caso de Chikungunya e 266 casos de Dengue, sendo 210 autóctones (contraídos dentro da cidade), 54 indeterminados e dois importados (contraídos de outro município).