Flavio Prado causa polêmica ao dizer que ‘lamenta’ classificação do Santos na Libertadores

Para o comentarista, classificação à final não pode ofuscar a situação extra campo e salários atrasados dos jogadores

ReproduçãoNotícias de Balneário Camboriú - SC HOJE NewsFlavio Prado comenta sobre classificação do Santos

Depois de empatar por 0 a 0 com o Boca Juniors na La Bombonera, o Santos não tomou conhecimento dos argentinos na Vila Belmiro e venceu a partida de volta das semifinais da Copa Libertadores por 3 a 0, nesta quarta-feira, 13. Ultrapassando problemas internos como atraso de salário, impeachment de presidente e outras polêmicas, o técnico Cuca soube administrar tudo e levar a equipe até a grande decisão, contra o Palmeiras, no Maracanã dia 30 de janeiro. Mas para o comentarista da Jovem Pan, Flavio Prado, chegar ‘de qualquer jeito’ em uma final de campeonato não pode ser visto com bons olhos. “O Santos é um time caótico e fez coisas inacreditáveis nos últimos tempos. Fez com o Grêmio, não podemos esquecer isso. Eu lamento a classificação do Santos porque preciso ouvir coisas coisas como ‘planejamento não vale nada’. No meio da live de comemoração, o Marinho cobrou salário. Falou ‘faz um Pix pra mim’. Uma coisa vergonhosa. Eu acho que chegar de qualquer jeito é complicado porque as famílias dos caras estão precisando da grana e isso de ter dado certo foi uma sorte. Não dá para desmerecer o trabalho do Cuca, obviamente, mas daí você considerar válido que um time assim chegue na final é muito ruim”, criticou.

Discordando do companheiro de bancada, Nilson César frisou que existem duas partes dentro de um clube de futebol: a do campo e a diretiva. “A parte de campo é completamente diferente, é um mundo a parte. São poucas as equipes que tem condição econômica e financeira para honrar todos os pagamentos, não deveria ser assim, mas é. Sem não tem o salário em dia, o mérito do pessoal de campo é ainda maior”, comentou. Para Mauro Beting, confirmou que o feito dentro de campo merece muito respeito, apesar de toda a bagunça da diretoria. “Até o Santos perdeu o Campeonato Brasileiro em 1995 para um Botafogo que estava com cinco meses de salário atrasado, e os jogadores disseram que ‘a única forma da gente ganhar algum dinheiro e ganhando o campeonato’ e foi isso que aconteceu”, disse. “Em 2009 o Flamengo fez tudo errado e foi campeão. O mérito é gigantesco dos jogadores do Santos. O Santos teve salários atrasados, não pode contratar jogadores por falta de dinheiro e conseguiu fazer o que fez contra a LDU, fazer o que fez contra o Grêmio e o que fez ontem com o Boca Juniors. Em 31 segundos, o Santos teve três chances contra o Boca, em 15 minutos o Pituca tinha quatro finalizações e marcou o gol. Olha o que esse time fez. Outras coisas discutimos depois, mas olha o que o Santos jogou”, finalizou.

Entenda toda a discussão sobre a classificação do Santos: