Com alta de casos da Covid-19 na Califórnia, Grammy 2021 é adiado

Cerimônia aconteceria no dia 31 de janeiro, em Los Angeles, com apresentação do comediante Trevor Noah

ReproduçãoNotícias de Balneário Camboriú - SC HOJE NewsCerimônia do Grammy deveria acontecer em 31 de janeiro, mas deve ser adiada para março

As complicações da Covid-19 nos Estados Unidos adiaram mais um evento. Segundo a revista Rolling Stone, o Grammy 2021, que aconteceria no dia 31 de janeiro, precisou ser cancelado pela preocupação de infecções da doença nos bastidores e entre os convidados. Não há uma nova data oficial para a cerimônia, mas a publicação conseguiu apurar que, talvez, o evento seja realizado em março. Os organizadores já tinham se manifestado de que a edição deste ano seria somente com apresentadores e os ‘performers’, seguindo os moldes do Emmy 2020. A entrega do 63º Grammys aconteceria em Los Angeles, na Califórnia, com apresentação do humorista Trevor Noah. Confira aqui a lista completa de indicados.

Desde o Dia de Ação de Graças, a Califórnia tem visto os casos do coronavírus subirem. Nesta segunda-feira, 04, o estado registrou 74 mil novos casos da doença, um novo recorde diário, de acordo com o  The Los Angeles Times . No condado de Los Angeles, o sistema hospitalar está tão restrito que os pacientes são forçados a esperar em ambulâncias por horas até que as camas do hospital sejam abertas. A Agência de Serviços Médicos de Emergência do Condado instruiu as equipes de ambulância a racionar oxigênio e não transferir pacientes que praticamente não têm chance de sobreviver.