Ao lamentar que tenha sido confirmada como deserta ( sem empresas interessadas), na tarde desta terça-feira (24), a fase final da licitação da concessão da gestão do Centro de Eventos de Balneário Camboriú à iniciativa privada, o presidente da Comissão de Turismo e Meio Ambiente da Alesc, deputado Ivan Naatz (PL), anunciou a convocação de imediata de reunião do colegiado para debater o assunto. O objetivo, segundo o parlamentar, é discutir com os segmentos envolvidos, governo do Estado, prefeitura e representantes do trade turístico regional e estadual, a busca de alternativas de gestão provisória do equipamento até que se conclua novo processo de licitação e concessão.

“Esse fato só vem a atrasar ainda mais a liberação deste importante equipamento para fomentar e aquecer o turismo de eventos na região e Estado num momento de necessidade em função da crise e pandemia. Por isso precisamos de uma alternativa urgente neste sentido, até porque são mais de R$ 100 milhões de recursos públicos envolvidos”, afirmou Naatz. O parlamentar também analisou que a captação de eventos de médio e grande porte exige antecedência e planejamento e é necessário assegurar um trabalho prévio neste sentido para enfrentar a concorrência nacional do setor e garantir um calendário mínimo de eventos para Santa Catarina, ao menos, para os próximos dois anos.