Selo Turismo Responsável reconhece boas práticas de higienização

0
11

Durante o período de pandemia, o isolamento social acabou se tornando uma prioridade, mesmo para aqueles que desejavam viajar ou passar suas férias em destinos turísticos. Novos hábitos precisaram ser inseridos, e levando isto em consideração, o Ministério do Turismo lançou um selo de Turismo Responsável, que estabelecerá boas práticas de higienização para cada segmento do setor turístico.

Diversos setores poderão solicitar os selos de acordo com o protocolo específico para a prevenção do Coronavírus (Covid-19), sendo necessário estar inscrito no Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos (Cadastur).

Desta maneira, turistas que desejam visitar locais com segurança e responsabilidade poderão avaliar os setores por meio do selo de Turismo Responsável. Essa é a primeira etapa do Plano de Retomada do Turismo Brasileiro, coordenado pelo Ministério do Turismo, com o objetivo de diminuir os impactos da pandemia e preparar o setor para um retorno gradual às atividades.

Setores que poderão solicitar o selo:

-Setores como Meios de hospedagem;

-Agências de Turismo;

-Transportadoras Turísticas;

-Organizadoras de Eventos;

-Parques Temáticos;

-Acampamentos Turísticos;

-Restaurantes, cafeterias, bares e similares;

-Centros ou locais destinados a convenções e/ou a feiras e a exposições e similares;

-Parques Temáticos Aquáticos e Empreendimento dotados de equipamentos de entretenimento e lazer;

-Marinas e empreendimentos de apoio ao turismo náutico e pesca desportiva;

-Casas de Espetáculos e equipamentos de animação turística;

-Organizadores, promotores e prestadores de serviços de infraestrutura, locação de equipamentos e montadoras de feiras de negócios, exposições e eventos;

-Locadoras de veículos para turistas;

-Prestadores de serviços especializados na realização e promoção das diversas modalidades dos segmentos turísticos, inclusive atrações turísticas e empresas de planejamento, bem como a prática de suas atividades e Guias de Turismo.

Comente com o Facebook