Alunos de Balneário Camboriú receberão produtos da merenda em casa

Notícias de Balneário Camboriú - SC HOJE NewsA Prefeitura de Balneário Camboriú, por meio da Secretaria de Educação, começa a entregar a partir desta segunda-feira (20), os mais de dois mil kits da merenda escolar aos alunos matriculados na Rede Municipal de Ensino (Núcleos de Educação Infantil e Centros Municipais de Educação) e cadastrados nos programas de assistência social. São 40 toneladas de alimentos a serem distribuídos.

Devido à suspensão das aulas, por causa da pandemia de coronavírus, o Planalto sancionou a Lei 13.987, de 2020, que garante a distribuição dos alimentos da merenda escolar às famílias dos estudantes que tiveram suspensas as aulas na rede pública de educação básica. A lei foi publicada em edição extra no Diário Oficial da União na terça-feira, dia 7 de abril. Estes gêneros alimentícios foram adquiridos pelas escolas com os recursos do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE).

De acordo com a secretaria de Educação, cada kit é composto por alimentos não perecíveis, além de quatro litros de leite integral – são em torno de 20 quilos de gêneros alimentícios por kit, que chegarão a famílias carentes do município. Os alimentos foram recolhidos de todas as unidades escolares e os kits estão sendo montados no CEM Vereador Santa.

A Secretaria de Educação entrará em contato com os pais e/ou responsáveis pelos alunos para organizar a logística de entrega dos kits. Importante ressaltar que os alimentos da merenda escolar serão entregues nas residências.

Além disso, cada kit terá um informativo reforçando a necessidade de higienização dos pacotes antes do consumo dos alimentos, evitando o contágio do coronavírus. A secretária destaca ainda que, após o recebimento do kit, a família assinará um termo informando o horário do recebimento dos produtos em sua casa. Estes dados ficarão protocolados na Educação.

“Nesse período, em que se faz necessário que as aulas estejam suspensas, tivemos o cuidado com nossos alunos de manter as atividades educacionais em casa, graças à plataforma “Google Sala de Aula”. Agora, com a entrega dos alimentos que seriam usados na merenda escolar, reforçamos nosso compromisso com todas as famílias que enfrentam este momento difícil. Estes mais de dois mil kits, compostos de produtos essenciais, não poderiam ficar parados nas instituições de ensino, por isso, iremos levar às famílias cadastradas nos programais sociais da Inclusão”, ressaltou o prefeito Fabricio Oliveira.

Comente com o Facebook