Paratletas mantém treinos em casa para garantir condicionamento físico

Por conta do isolamento implementado em virtude da pandemia do coronavírus, muitos atletas têm encontrado maneiras de manter atividades físicas em casa para não perder o condicionamento e manter-se em forma para competições futuras.

Os paratletas da Fundação Municipal de Esportes de Balneário Camboriú (FMEBC) têm seguido treinos indicados pela professora e treinadora da FMEBC, Gévelyn Almeida. Desde o fim de 2019, Gévelyn vem realizando avaliações com seus atletas e usou isto como base para montar treinos adaptados para serem feitos em casa. “Os paratletas são pessoas deficientes, já vivem uma vida de adaptação, então buscamos enfrentar o problema e priorizar atividades caseiras para haver o mínimo de perda possível”, explica Gévelyn.

Para uma melhor comunicação, os treinos são repassados por vídeos, fotos, áudios, redes sociais, desenhos e uma ferramenta anatômica que exemplifica as estruturas trabalhadas.

Os paratletas sempre fazem o feedback dos exercícios físicos e Gévelyn retorna com as correções necessárias, visando a segurança dos movimentos corretos. “Essas atividades em casa me ajudam a manter minha mobilidade, além de melhorar meu humor. A Gévelyn tem sido ótima e atenciosa. Tudo se encaminhando bem”, conta Lenir Maciel, paratleta de natação da FMEBC.

Comente com o Facebook