Prefeito atualiza dados do Coronavírus e defende utilização do Hospital Santa Inês

Na tarde desta segunda-feira (23), o prefeito de Balneário Camboriú, Fabricio Oliveira, anunciou em uma transmissão ao vivo pelas redes oficiais do Município, que o número atualizado de contaminados para o coronavírus é de seis (6) pessoas e não sete (7), como o Estado havia divulgado no último sábado (21).

De acordo com a Vigilância Epidemiológica do Município, o sétimo resultado positivo para a doença teria sido inconclusivo pelo Laboratório Central de Saúde Pública de Santa Catarina (Lacen) e foi submetido a mais uma contraprova pela Fiocruz/RJ. Além disso, 34 pessoas aguardam o resultado. Há 70 pessoas no monitoramento da vigilância, em isolamento social. E quatro (4) resultados divulgados hoje de manhã cedo deram negativo.

Fabricio Oliveira destacou também que reforçou junto ao Governo do Estado que, além da montagem de Hospital de Campanha, a estrutura do Hospital Santa Inês deve ser utilizada como mais uma possibilidade para o atendimento da região.

Novas medidas
Os decretos que tratam da permanência das pessoas em domicílio serão prorrogados ainda essa semana, portanto, segundo o prefeito, as pessoas devem permanecer em quarentena. O entorno das unidades de saúde, dos hospitais, da UPA, do PAs, das farmácias, das principais avenidas, dos supermercados deverão ser higienizadas. O trabalho está previsto para começar ainda nesta segunda-feira.

Centro Municipal de Controle e Tratamento do COVID-19
No Centro Municipal de Controle e Tratamento do COVID-19, 147 pessoas foram atendidas e há três (3) internações. Uma pessoa está internada na Unidade de Tratamento Intensiva (UTI).

Central de Doações e Voluntários
Desde que foi instalada na noite do último domingo (22), a Central de Doações e Voluntários já entregou 82 cestas básicas. O serviço, conduzido pela Secretaria de Desenvolvimento e Inclusão Social, recebe as ligações, faz uma breve avaliação social do requerente para identificar se ele realmente tem necessidade e disponibiliza os itens que são, em sua maioria, alimentos não perecíveis.

A maior procura pelas cestas básicas tem sido feita por profissionais autônomos, que sem trabalho, perderam sua renda diária. A maior demanda da população é por alimentos, fraldas e produtos de higiene. Aqueles que quiserem se colocar à disposição dos serviços que a prefeitura de suporte ao Coronavírus, inclusive pessoas da área da saúde, devem entrar em contato pelo telefone (47) 3264-0192.

Já quem precisa de doações, pode entrar em contato pelo telefone (47) 9 99821975. A central está localizada na Casa da Mulher e Voluntário, na Rua 2850, nº 303.

Notícias de Balneário Camboriú - SC HOJE News

Comente com o Facebook