Prefeitura de Itapema divulga medidas de prevenção ao coronavírus

A Prefeitura de Itapema divulgou nesta segunda-feira (16/03) o decreto 014/2020  que trata das medidas adotadas para a prevenção da pandemia ocasionada pelo coronavírus. As medidas levam em conta as orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS).

Ficam suspensas:

– todas as atividades esportivas e culturais desenvolvidas pelo Município;

– os eventos particulares que exijam licença do Poder Público Municipal, com público superior a 100 (cem) pessoas;

– os eventos que implicariam em aglomeração de pessoas, pelo prazo inicial de 30 (trinta) dias, especialmente: as festividades da “paixão de Cristo”; o encontro de motociclistas, com o show do artista Fernandinho; e o Encontro Internacional de Etnias

– Os eventos públicos ou privados organizados pelos grupos de terceira idade ou dirigidos a este público.

Alterações de atendimento e recomendações

– O recesso escolar do mês de julho será antecipado para o período de 19 de março a 03 de abril.

– Os estabelecimentos de ensino e os locais privados destinados ao acesso público, notadamente os estabelecimentos comerciais, deverão manter as seguintes medidas preventivas como disponibilização de espaço para para lavagem das mãos ou álcool gel (70%) na entrada o estabelecimento;

– As agências de viagens localizadas em Itapema deverão enviar à Secretaria Municipal de Saúde, no prazo de 48 (quarenta e oito) horas, a relação das pessoas que viajaram ao exterior nos últimos trinta dias. .

– O SINE, Junta Militar e Setor de Identidade atenderão somente por agendamento. O SINE pelo telefone (47) 3267 1428 e Junta Militar e Identidade pelo telefone (47) 3267-1413

– O Setor de Execução Fiscal da Procuradoria do Município atenderá pelo telefone (47) 3267-1488 e-mail: [email protected]

Medidas de saúde

– Todos os pacientes com sintomas respiratórios devem ficar restritos aos seus domicílios e entrar em contato com a Vigilância Epidemiológica pelo telefone/WhatsApp (47) 99132-4259.

Já os idosos, crianças e pacientes de doenças crônicas devem evitar a circulação em ambientes com aglomeração de pessoas.

Comente com o Facebook