Educação de Balneário Camboriú já atua dentro das novas diretrizes da BNCC

Com a aprovação da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), em dezembro de 2017, ampliou-se a discussão sobre quais são os direitos de aprendizagem, as competências e as habilidades essenciais para os alunos na educação básica. Diante dessa aprovação e dos desafios que cercam a educação brasileira com a nova BNCC, todos os sistemas de ensino dos estados e municípios brasileiros estão adaptando seus currículos para garantir os direitos de aprendizagem a todos os educandos. A Secretaria de Educação de Balneário Camboriú, com seus departamentos de Educação Infantil, Ensino Fundamental, Educação Especial e Desenvolvimento Educacional, têm buscado orientar os profissionais por meio de formações e grupos de estudo sobre o referido documento.

As formações para os profissionais da Educação iniciaram no segundo semestre do ano de 2018, e seguiram durante todo o ano de 2019. Já a sistematização e atualização da Proposta Curricular do Município e a implementação da BNCC, iniciou-se em novembro do mesmo ano num processo de revisão e atualização e do novo documento. Profissionais da Educação como professores, especialistas, atendimento educacional especializado, agentes de alimentação, gestores das unidades e técnicos do órgão central, estão fazendo parte desse processo.

“Precisamos dar continuidade à construção das competências e habilidades com nossos professores, pois essas são necessárias para desenvolver nos educandos aprendizagens significativas com foco na prática pedagógica e uma visão mais próxima possível, da comunidade escolar”, relata a secretária da Educação, Rosangela Percegona Borba.

A partir dessas competências, a formação inicial e continuada dos profissionais da Educação precisam ser baseadas em três dimensões: conhecimento, prática e engajamento. A dimensão do conhecimento está relacionada ao domínio dos conteúdos. A prática refere-se a saber criar e gerir ambientes de aprendizagem. A terceira dimensão, engajamento, diz respeito ao comprometimento do professor com a aprendizagem e com a interação com os colegas de trabalho, as famílias e a comunidade escolar.

A primeira apresentação da versão preliminar do documento aconteceu em fevereiro deste ano, para toda equipe gestora da Rede Municipal. Também foram convidados para essa apresentação o Conselho Municipal da Educação – CONSEME, assim como todas as escolas particulares de Balneário Camboriú.

Após a apresentação da versão preliminar às unidades escolares; os estudos e reflexões foram retomados durante a primeira semana pedagógica; e esses estudos serão feitos por toda comunidade escolar, para assim ter a efetiva participação de todos na construção da Base Comum Curricular de Balneário Camboriú – BCCBC.

Comente com o Facebook