Marcílio Dias perde nos pênaltis e fica com o vice-campeonato da Copa SC

O Marcílio Dias foi vice-campeão da Copa Santa Catarina neste domingo (24), jogando no estádio Doutor Hercílio Luz, em Itajaí, ao ser derrotado pelo Brusque por 4 a 2 nos pênaltis. No tempo regulamentar de jogo, o Marinheiro havia vencido por 1 a 0 – placar que levava a decisão às penalidades.

Como perdeu o jogo de ida, era necessário fazer dois ou mais gols para ficar com o título direto. Um gol de saldo levava a decisão para cobranças. E foi o que aconteceu.

Diante de um Gigantão das Avenidas lotado, o Marinheiro precisou de quatro minutos de jogo para balançar as redes. David Batista, artilheiro do time na competição, abriu o placar e anotou seu oitavo gol com a camisa rubro-anil. O time teve outras chances, mas não conseguiu converter. Uma cobrança de falta do camisa 10 Guilherme Pitty no primeiro tempo e uma cabeçada do zagueiro Magrão no segundo caprichosamente bateram na trave e não deram ao Marinheiro o título no tempo regulamentar.

Com o fim dos 90 minutos, o time partiu para as penalidades. O lateral-direito Lito desperdiçou a primeira cobrança, defendida pelo goleiro Zé Carlos. Depois, o zagueiro e capitão Maurício converteu a segunda, mas Luiz Renan mandou para fora a terceira. O zagueiro Magrão fez o quarto gol, porém o título ficou com o Brusque que converteu todas as quatro cobranças.

Emocionado, o técnico Paulo Foiani falou sobre a partida. “A mobilização que foi feita, torcedor compareceu. Nossa equipe se entregou, lutou, foi até o final, jogou um bom futebol, acreditou. Tem coisas que a gente não entende”, disse.

Foiani explicou que a equipe treinou penalidades, por isso ficou o sentimento de tristeza. “Fico muito triste de a gente não ter conquistado. Peço desculpas ao torcedor, porque é o sentimento que tenho. Eu queria muito ter dado isso de presente para eles, o meu grupo da mesma forma. Mas não conseguimos. São coisas que o futebol proporciona, faz parte”, finalizou.

O time escalado para ir a campo foi: Vitor Prada; Lito, Maurício, Magrão, Gilmar; Daniel Pereira, Luiz Renan, Guilherme Pitty (Nathan Ferreira), Diego Fumaça; David Batista (Juliano Levak) e Anderson Ligeiro.

O próximo compromisso do Marcílio Dias é pelo Campeonato Catarinense, em 22 de janeiro de 2020. O Marinheiro estreia no estadual justamente contra o Brusque, jogando em casa.

Comente com o Facebook